Pular para o conteúdo principal

Sobre Repensar a Profissão...Desabafos de Uma Arquiteta Artesã

Olá,

Vocês estão acompanhando as mudanças que estamos fazendo nos produtos da loja? Pois é, estou deixando as costuras um pouco de lado (ainda tem bolsas a pronta entrega) e me dedicando a decoração de ambientes. Falei sobre isso num post.

Sou arquiteta e gosto muito de criar/projetar ambientes e móveis, este é o meu trabalho. Tenho estudado muito e pensado sobre o meu propósito (tá na moda essa palavra, né?), e o quanto eu quero me dedicar ao artesanato não mais como hobby, mas sim como profissão.

Fiquei tão feliz com essa luminária. O texto é o mesmo usado na minha marca, fiz uma pintura também seguindo a comunicação visual do blog. Prontinha para decorar meu ateliê.

Comecei o blog mostrando as costuras que estava aprendendo. Fiz presentes, vendi muitas coisas nestes últimos anos, mas ainda não estava satisfeita com o rumo das coisas. Na verdade não sabia (e ainda não sei direito) como mudar isso. Continuei estudando, fazendo cursos em diferentes áreas (olha se você procurar na aba Cursos aqui no blog vai entender quantas coisas eu já fiz), ouvindo relatos de outras pessoas, conversando com meus familiares, amigos e com meu namorado. Ele, com outras experiências, também foi buscando outras formas de ser feliz no trabalho.

Amigurumis fofíssimos que fiz recentemente. Olho para eles e acabo nem acreditando que consegui fazê-los...era um sonho tão antigo.

Ano passado conseguimos montar uma máquina de corte de madeira (na verdade o namorado e o pai fizeram isso) e ele me disse que eu poderia criar o que quisesse que a máquina faria o resto. Nossa, que felicidade a minha. Imagina você poder desenhar qualquer coisa e depois tudo ficaria certinho, cortado na madeira como no projeto feito no computador? E olha que tenho uma serra tico tico e sei como é duro fazer curvas perfeitas a mão, só direcionando a máquina.

              
A primeira luminária teste que deu super certo. Ela pode ser usada durante o dia, porque tem espelho, e a noite para iluminar o ambiente. Faz muito sucesso por aqui.

A partir daí comecei a pensar no que fazer. Quando se tem um mundo de possibilidades a gente costuma ficar meio perdida. Bom, eu sou assim. Mas agora era o momento de parar, pensar e direcionar melhor minha pequena empresa, e decidir se era esse o rumo que eu queria que ela tomasse. Afinal além de gostar do que se faz, a gente precisa pagar contas, comer, passear...

  
Luminária dos signos, esta é de peixes (mas podemos desenvolver qualquer um) e a de ursinho, linda para colocar no quarto do bebê.

Unir a minha profissão de arquiteta com a de artesã foi o ponto inicial. Criar objetos, luminárias e peças de decoração para meus próprios clientes me encheu de ânimo novamente. Então comecei com uma tábua de pães, para decorar mesas em ocasiões festivas. O segundo passo foram as luminárias. A princípio essa linha mais plana, mas estou estudando muito para criar uma linha 3d. Fazer a logomarca iluminada das artesãs como eu, também entrou na proposta da loja. E a partir daí, conversa vai e vem, clientes surgem com ideias de objetos para decorar paredes, mesas de aniversários, portas de maternidade...uma infinidade de possibilidades. E o melhor, eu consigo criar não só o projeto no computador, mas depois de cortada a peça, ainda lixo, pinto, faço "arte" com elas, e eu adoro.

Símbolos dos signos de Sagitário e Libra para decorar mesa de aniversário.

Também fazemos iniciais com fontes diferenciadas das encontradas no varejo.


E no meio de tudo isso o crochê veio acrescentar um pouco de aconchego nesta decoração. E estou curtindo muito fazer amigurumis e pensar como as crianças vão amar brincar com eles. E como a decoração dos quartos ficará mais fofa e feliz, já que os fios nos remetem a família, a avó...

Bom, se você acha que abandonei a costura, não é verdade. Isso não vai acontecer (eu espero). Agradeço muito a ela por ter me trazido de volta a vida. Pois foi assim que me senti quando comecei a costurar (passei por momentos difíceis com a doença do meu pai). Agora estou na fase das madeiras e do crochê, amanhã pode tudo mudar...e é isso que me move. A possibilidade de mudar de ideia, de aprender, de viver.


Varalzinho de corações para colocar no quarto, na festa de aniversário, é bem versátil.

Santinhas lindas, um ótimo presente

Amigurumis estão muito em alta na decoração dos quartos infantis. Este foi o primeiro mais complexo que fiz, aula com a Dani THM.

Se você chegou até aqui, te agradeço. Acho importante compartilhar o que estou vivendo no momento, afinal este blog reflete bem isso. E aí, me diz o que tá achando? 


Mais novo produto da loja, este relicário moderno e antigo ao mesmo tempo. Feito em mdf com pintura, está aqui no meu cantinho da fé, muito bem acomodado.


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Presépio de Crochê

Faz alguns anos que desejo fazer um presépio de crochê para mim, e sempre penso que vou começar em janeiro, para que no final do ano ele esteja pronto. Acontece que janeiro é sempre mais agitado, depois vem carnaval e quando você percebe já acabou o ano. Meu presépio montado, estou bem feliz com o resultado. Não imaginei como esse projeto traria tanta alegria para minha casa. E neste 2019 não foi diferente, ou melhor, foi. Janeiro passou, chegou o meio do ano e nada de presépio. Mas um dia, no final de setembro decidi começar a crochetar o meu. Bastou dar os primeiros pontos para que eu tivesse disposição e assim foi. Antes mesmo de novembro terminar eu já estava com oito personagens prontos, que ao meu ver são os essenciais.             Alguns registros que fiz na execução dos três reis magos. Ontem, primeiro de dezembro montei meu presépio de crochê, usei uma base de mdf pintada (feita por mim que vai entrar na loja) para o fundo, e ficou lindo! Não imaginei como e

Presente de Aniversário - Aula Com a Lugastal

Segunda foi meu aniversário, e não consegui preparar nenhum post com antecedência - aliás isso está virando uma constante na minha vida de aspirante a blogueira. E não é porque não estou produzindo nada para compartilhar, muito pelo contrário estou numa fase super produtiva, mas não estou conseguindo me organizar para preparar os posts, aliás é preciso fotografar, passar as fotos para o computador, tratar as fotos, digitar o texto, é um trabalhinho considerável, que eu adoro, só não estou dando tanta prioridade neste momento. Um mar de Lindas! E só a minha de calça e blusa!  Algumas fotos são minhas, outras da Lu e das meninas Mas vamos o melhor dessa semana, rever minha querida amiga Lu Gastal. Quem está aqui há mais tempo sabe como eu e a Lu somos parceiras. Nos conhecemos num Patch Encontro promovido por ela em 2014 e desde então foram tantos eventos, feiras, aulas, passeios juntas. Quanta coisa boa tem acontecido comigo nos últimos tempos.              Quanto carinh

A Chita É Chique?

Para inaugurar essa nova etapa do blog, nada melhor que começar com um post bem colorido e cheio de histórias. Quem não conhece a chita, não é mesmo? Esse tecido mega colorido que era considerado de baixa qualidade, e agora começa a ganhar novos ares e novos lares também. Digo era, porque numa pesquisa rápida, descobri que tem estilista produzindo peças incríveis com ela, vem comigo. Quem me conhece um pouco mais sabe que adoro livros, e sempre dou uma olhadinha nas livrarias para conhecer as novidades. Numa destas, encontrei esse daqui: Uma Festa de Cores Memórias de um Tecido Brasileiro, que logo me chamou a atenção pelas cores. Ele conta a trajetória da chita no Brasil e como aqui se fez presente em muitos lares brasileiros. Os desenhos (ou melhor, colagens) são de Anna Gobel, com textos de Ronaldo Fraga. Não tive dúvida, comprei na hora! "Estampas falam, cores suspiram...mas só a chita canta e dança." Algumas páginas do livro, as imagens foram feitas com pedaç