Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2021

Receita Afetiva #12 - Pudim de Legumes

Mais uma receita da Patrícia, lembra do caderninho de receitas dela? Ela aprendeu a cozinhar bem novinha e compatilhou algumas receitas conosco. Para ver as anteriores, clique aqui . Hoje vamos aprender a fazer um Pudim de Legumes, receita bem fácil para aqueles dias em que precisamos fazer alguma coisa bem rapidinha pro jantar. Quem mais adora legumes? Imagem: KamranAydinov para Freepik PUDIM DE LEGUMES Ingredientes:  Chuchu, cenoura ou couve flor (cozidos); 1 colher de sopa de maizena; 1 colher de sopa de margarina (eu sempre uso manteiga); 3 colheres de sopa de queijo ralado; 3 ovos; 1 pitada de sal; 1/4 de litro de leite. Modo de Preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador, coloque numa forma untada e leve ao forno por 30 minutos. 

DIY - Cadeira Que Virou Mesa

Todo mundo tem uma cadeira antiga de madeira em casa, não tem? Ou na casa dos pais, dos avós... E muitas vezes essa cadeira já não combina mais com o ambiente, ou enjoamos dela. Móveis de madeira maciça duram a vida inteira, passam de geração para geração e é normal não querermos mais ele na nossa casa. Você pode vender, pode doar ou pode reformar!   A cadeira estava esquecida, mas agora ganhou cara nova, mais moderna e  colorida e faz todo sentido na decoração. Eu sou desse time, do que aproveita uma peça antiga, de qualidade e transforma em outra, dando uma cara nova para ela, e muitas vezes uma função nova também. Há anos temos quatro cadeiras de madeira com estofado verde esquecidas no quartinho da bagunça. Sei que são de boa qualidade, apesar de algumas já terem sido coladas, pois o encostro quebrou, ainda assim elas são boas. Eu sabia que faria alguma coisa, mas ainda não tinha certeza o que. Com os catálogos da Formica, escolhendo a composição de cores. Se você não tem um destes

Receita Afetiva #11 - Maionese Caseira

 Mais uma receita bem tradicional aqui na minha família. Todo natal tem a maionese caseira da minha tia, a mesma do cuscuz paulista.   Imagem de  Peggychoucair  por  Pixabay   Maionese Caseira ingredientes - 2 gemas cozidas - 2 gemas cruas - óleo Passe as gemas cozidas numa peneira para não empelotar. Misture as 4 gemas (cruas e cozidas) e vá adicionando um fiozinho de óleo, mexendo sempre com um garfo, até aumentar de tamanho. Acerte o sal e siva como preferir. Aqui fazemos uma salada de batatas cozidas e colocamos por cima a maionese e as claras que sobraram dos ovos cozidos. Humm, fica uma delícia.

Como Retirar Tinta de Janela Antiga?

Quer manter as portas e janelas da sua casa? Conheço cliente que retira tudo e troca por novas, mas se você é da turma que prefere manter, vou dar uma dica de como retirar a pintura antiga e transformar suas esquadrias em novas. Normalmente as janelas de ferro antigas foram feitas com material de qualidade superior; além da espessura ser muito maior e mais segura, dos que as usadas atualmente. Começando a tirar a tinta com a esmerilhadeira, dá pra ver o brilho do metal por baixo.  Na segunda foto a lateral toda já está sem a tinta. Só que a grande maioria - pra não dizer que todas - receberam muitas camadas sobrepostas de tinta, o que as deixa com aparência ruim, e podem descascar facilmente. Lixar a mão não é uma boa opção, a dica que dou é usar uma esmerilhadeira com disco strip, ele parece uma borracha e tem uma rigidez bem interessante, que facilita a retirada das camadas de tinta. A peça fica "brilhando", parece nova. È como se estivéssemos polindo o ferro.     Toda ferr

Receita Afetiva #10 - Cuscuz Paulista

Já postei essa receita há muitos anos, ela é super tradicional na minha família. Sabe aquelas receitas coringas que sempre levamos nas festas da escola, nos aniversários? Então, é a própria. Todas as minhas tias fazem, mas a que eu gosto mesmo é a da minha tia-mãe, falei dela num post do instagram.  Anote aí e se fizer, pode me marcar. Ponto certo do cuscuz, depois de cozinhar a farinha. Forma untada com óleo e "enfeitada" com ovos cozidos, azeitona e coentro. Por fim a massa colocada por cima, agora é só ir para a geladeira. Cuscuz Paulista ingredientes - 1 lata de sardinha no óleo - tomate bem maduro picadinho - alho - cebola - azeitona - mix de temperos (salsinha, cominho, orégano, manjericão) - pimenta dedo de moça (ou qualquer outra ardida) - farinha de milho amarela (farinha de biju de milho amarela) modo de preparo Corte o tomate grosseiramente e bate no liquidificador. Numa panela refogue a cebola e o alho, junte o tomate já batido e misture até dissolver. Coloque um

Escambo Gráfico - Trocas de Gravuras

Estou participando de uma troca de gravuras, o Escambo Gráfico ; organizado pelo artista Vitor Pedroso da  Piruá Gravuras .  Xilos secando antes de serem enviadas. Nunca havia feito uma tiragem tão grande. Cem artistas se cadastraram, e a proposta é enviar 21 cópias de uma gravura, que poderia ser de qualquer técnica (linóleo, xilogravura, gravura em metal...), para depois receber de volta 20 gravuras diferentes de outras artistas. As pessoas foram divididas em cinco grupos de 20 pessoas, e através de sorteio cada uma foi designada a um. Muita sujeira, madeira e goivas. Como é gostoso entalhar. Criei uma xilogravura especial para participar. Pensei num desenho simples, mas com significado. Desenhei uma candeia sobre um livro. A luz e a leitura me traz a imagem da sabedoria, da busca pelas respostas, pelo estudo.   Processo de impressão, primeiro coloquei a matriz no papel e depois virei para passar a colher. Existem muitas maneiras, inclusive eu faço outras também, tudo depende do caso

O Brasil em Cores - Plantas Tintórias (collab Mattricaria e Suvinil)

Há muito acompanho o trabalho da Maibe, da Mattricaria , inclusive fiz um curso com ela de tintas naturais em 2019. Minha intenção era usar tintas feitas artesanalmente nas minhas estampas . Cheguei a testar algumas em casa, mas preciso de tempo para fazer essa transição.  A Maibe faz um trabalho incrível para catalogar as plantas tintórias brasileiras. Os testes são feitos com as plantas nativas de cada região e quem quisesse participar, bastava enviar para ela em Brasília. Mapa lindo feito pela Alê Matteo, que por coincidência trabalhamos  juntas,  num escritório de arquitetura.  imagem: Suvinil       As fotos do processo são lindas demais. Sugiro fortemente que você siga a Mattricaria e também dê uma passada no instagram da Suvinil . Vale a pena se inspirar nesse mundo mágico das cores.     fotos: Suvinil Recentemente a Suvinil fez uma collab com a Mattricaria, e lançou um catalógo de tintas com as cores brasileiras, dividida entre Amazônia, Caatinga, Pantanal, Cerrado, Mata Atlânt