Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

O Que Andei Costurando...Totebags para a Lojinha

Olá, Quem mais ai gosta de bolsas? Ultimamente andei costurando muitas totebags para minha lojinha . A ideia de fazer essas peças já vem de tempos, na verdade eu precisava parar para criar alguns modelos e padronizar os produtos que seriam vendidos na minha loja. E consegui. Este ano avancei bastante nas minhas metas. a totebag cabe tudo e um pouco mais, na lojinha virtual tem as medidas certinhas. A bolsa sacola, como conhecemos a totebag foi a primeira escolhida. Usei a lonita por ser um material resistente e bem versátil. Adoro usá-lo com tecidos mais coloridos, fica moderno e vai com tudo. Mas logo a nossa família de bolsas vai aumentar. Algumas com apliques em breve estarão à venda, espero que vocês gostem! estampa praia, desenho animado, tem para todos os gostos. Para quem ainda não conhece a loja, basta acessar este link aqui . Ah, recentemente criei um perfil só para ela no instagram , me segue por lá também.            com alças de cadarço e bolso interno.

Destaques da Olimpíada do Rio

Olá, A Olimpíada do Rio chegou ao final. E o saldo foi bem positivo, apesar de alguns ocorridos. Mas queria destacar aqui algumas coisas que me chamaram a atenção, tanto nos uniformes, como nas cerimônias que trouxeram muito da nossa cultura, e com certeza mostrou para o mundo que "isso aqui ioio, é um pouquinho de Brasil iaia..." Para começar, gente o que foi essa pira olímpica? Nunca vi nada tão lindo! Criada pelo artista americano Anthony Howe, ela foi com certeza um dos pontos forte da cerimônia. A proposta era fazer um evento sustentável e que agredisse minimamente o meio ambiente. A chama era pequena, mas a escultura que precisava apenas da energia eólica para se mover deu todo destaque ao fogo, parecendo um sol. Muito linda mesmo! fonte: Getty-Images-Cameron-Spencer Adorei as bicicletinhas que acompanhavam os porta-bandeiras de cada delegação. São a nossa cara! São coloridas, cheias de coisas, simplesmente adorei. Mais um ponto positivo para os responsáve

Homens da Casa no Ateliê Ju Amora

Olá. Sim, é isso mesmo. Sábado foi dia de conhecer o Edu do blog Homens da Casa no Ateliê da Ju Amora aqui em Sampa. Ateliê Ju Amora tem banqueta no piso e na parede, lindas e coloridas  Sou fã do Edu há tempos. Desde que comecei a seguir blogs de decor e faça você mesmo conheci o Homens Da Casa. Neste mundo repleto de mulheres ensinando como reaproveitar móveis, descobri um publicitário, que foi morar sozinho e passou a transformar sua casa, no melhor jeito do it yourself. Com uma visão diferente e sem frufru, o Edu tem muito humor em suas colocações, vale conhecer. No horário que fui estava bem cheio e não consegui fotografar bem os produtos da HC Store, mas a foto com o Edu eu não perdi. Algum tempo depois ele criou o HC Store . A lojinha virtual para você encontrar muitos dos produtos que ele faz no blog, além de parcerias. E pela primeira vez ele veio a São Paulo com a loja, trouxe muitos produtos para conhecermos pessoalmente, e se instalou temporariamente no es

Dia de Costuras Com as Amigas

Olá, Você já sabem que costurar é uma alegria para mim. Dia destes enquanto zapeava meu instagram, li os comentários entre crafters sobre fazer um dia de aula com a Francine Lacerda , minha querida professora de modelagem. A vinda para o Brasil da Vivi Basile ( Ateliê Basile ), uma jornalista que deixou Brasília recentemente e foi morar nos Estados Unidos. motivou esse dia de costura entre amigas. Ela é super prendada, faz coisas incríveis e compartilha muitos lugares criativos por lá. Eu já seguia a Vivi há tempos e trocávamos alguns likes, mas faltava conhecê-la pessoalmente.       Que surpresa linda este cartaz que a Fran preparou junto com o marido. Foi um dia muito divertido. A Vivi agitou o encontro, convidou a Kátia Linden ( Costura Katia, Costura ), Andrea Onishi ( Superziper ), Cris Akemi ( Primavera Handmade ) e perguntou se mais alguém gostaria de participar. Na hora eu me ofereci, seria uma oportunidade bacana de conhecer pessoas e trocar muitas experiências. A Fran

O Que Andei Costurando... Short

Olá, Não tenho costurado muitas roupas para mim como gostaria. Ando trabalhando muito e fazendo peças para a lojinha. Mas desde que fiz o curso de modelagem de calças com a Francine Lacerda , estava com vontade de usar o mesmo projeto para fazer um short, bastava apenas reduzir o comprimento das pernas.                          E numa tarde de folga, selecionei dois tecidos, azul e marrom, cores que adoro. A modelagem escolhida foi a mesma da calça saco. E o resultado: gostei demais!     Apesar de estarmos no inverno, aqui em São Paulo tem feitos tardes bem quentes. Aproveitei uma destas para registrar a mais nova peça do meu guarda roupa.

O Que Andei Costurando...Caminho de Mesa

Olá, Como costurar nos abre tantas possibilidades. Posso fazer bolsas, roupas e até peças para a casa, que além de decorar, são funcionais. Há tempos fiz um curso de bordado a mão, chamado gingham . E sempre que aprendo técnicas novas gosto de colocar em prática nas minhas costurices do dia a dia. Então fiz um caminho de mesa todo bordado com esta técnica, demorou para ficar pronto, cada pontinho foi feito com muito carinho e já mostrei a peça acabada aqui . Como não me canso de bordar, aliás acho é uma das técnicas mais terapêuticas para mim, decidi fazer outra, com a mesma técnica, mas com o bordado diferente. Hum, e não é que ficou muito bonito.  Desta vez fiz o avesso com tecidos coloridos, o que permitiu que o caminho de mesa fosse dupla face. bordado feito no fio tinto, este tecido não tem avesso, mas para esconder o bordado atrás, fiz uma mistura do tecido de maçãs e um quadriculado vermelho, assim a peça pode ser usada dos dois lados. Este é o tipo de trabalho que

Lojas de Tecido da Minha Infância

Olá, Dia destes visitei o Center Fabril , loja tradicional de tecidos aqui em São Paulo. Comentei com a minha mãe, e ela se espantou quando soube que ainda existia, e disse que essa loja era da "época dela". Verdade, a loja é bem antiga mesmo. Para saber um pouco da história deles, clique aqui .                                 Rendas, brim...uma diversidade de tecidos a sua escolha no Center Fabril. Na minha infância me lembro de acompanhar minha mãe na Tecelagem Vânia, loja de tecidos na Lapa, zona oeste de São Paulo, bem pertinho da casa da minha avó. Ela fechou as portas depois de alguns anos. Na verdade muitas lojas de tecido fecharam ou mudaram de segmento, como a Pernambucanas que atualmente vende as roupas prontas e itens para casa, cama, mesa e banho.                               Tules e tecidos para decoração, encontramos muitas opções nos corredores do Center Fabril Engraçado como passei a minha infância e pouco da adolescência usando roupas feitas p

Cultivo Afetivo - Oficina de Temperos

Olá, Há algum tempo tenho me interessado em cultivar temperos em casa. Nunca fui cozinheira, nem faço isso com frequência, mas acho importante aprender a usar ervas e temperos nos pratos para deixá-los mais gostosos e perfumados. Alecrim no vaso marrom, ao lado a horta que fiz no curso, depois a hortelã e por fim minha lavanda... O primeiro passo dado foi a vinda do vaso de hortelã da casa do meu irmão para cá. Estava tão linda, enorme e eles utilizavam pouco. Todos os dias eu via aquela planta linda e cheirosa crescendo e quis ter mais, muito mais. Comprei manjericão, alecrim e a lavanda. Sou apaixonada pela plantação de lavanda. Mas o manjericão morreu. Comprei novamente outra muda e o mesmo aconteceu. Decidi então que era preciso estudar mais a respeito, e dia destes achei uma oficina da querida Marina, do Da Horta . Seria sábado de manhã, dia a inauguração do novo espaço dela. E foi muito gostoso. Fachada da casinha. O espaço é tão bonitinho, amei tudo. Este dia era d

Um Ano No Ateliê

Olá, E como o tempo passa rápido? Neste início de agosto faz um ano que mudei meu ateliê para uma antiga cozinha na minha casa. Era um ambiente pequeno, com alguns móveis da época que minha mãe se casou, paredes de azulejos azuis e muita história... Configuração atual, tirei a máquina de costura do lado desta janela porque bate muito sol e não quero colocar cortinas. Deixei este espaço para as suculentas e para fotografar meus produtos. As máquinas de costura da minha mãe ficam numa espécie de sótão e foi lá que dei os meus primeiros passos. Poucos meses depois ganhei a minha máquina e ela foi acomodada no meu quarto, que também é o meu homeoffice. Os aviamentos, tecidos, e todo material de artesanato que tenho ficava dividido em outros ambientes da casa, e quando precisava fazer algo tinha que pensar onde encontrar cada coisa, juntar no meu quarto e trabalhar. Chegando o fim do dia tinha que organizar tudo e no outro dia começar novamente... Bem complicado. Hoje em dia mor