Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

O Que Andei Costurando...Gravata Chapeleiro Maluco

Olá, Dia destes recebi uma notícia muito boa. Meu afilhado de quase 13 anos participaria de uma peça de teatro. Não seria a primeira, mas era mais divertida, pelo menos para mim. O papel da vez era do Chapeleiro Maluco, da Alice no País das Maravilhas.              Eu experimentando a gravata, e ao lado o Arthur todo produzido para a peça. O figurino ficaria por conta do próprio "ator". E é claro que a madrinha aqui fez a sua parte. Juntei vários retalhos bem coloridos, costurei um retângulo bem grande e tcharam: Uma gravata super colorida nasceu!    alguns trechos da peça, estava todo mundo bem caracterizado. O chápeu ficou por conta do pai, que também é bem criativo e adora por a mão na massa. Fez com EVA e revestiram com tecido.                     Arthur em cena e o chapéu no detalhe. Já fiz vários cursos de costura e cruzei algumas vezes com atores que queriam aprender a fazer seu próprio figurino, sem depender de terceiros. Uma independência incríve

Diy - Halloween

Olá, E estamos chegando ao final do ano! Eu sempre tenho a sensação de que os meses passaram voando... E semana que vem já é 31 de outubro, o Dia Das Bruxas. Bom, para nós brasileiros nunca foi uma data importante. Apesar de nós últimos anos as crianças tocaram a campainha aqui em casa pedindo doces. Acredito que as escolas atualmente estão introduzindo essa cultura nos pequenos e comemorando a data. Fiz abóboras, mas você pode fazer fantasmas, morcegos, bruxas...o que sua imaginação mandar. E por isso decidi fazer um tutorial bem fácil e rápido para quem quiser decorar sua casa no dia. A criatividade dos americanos é absurda, vejo muita inspiração no Pinterest, lá esse tal de Halloween é coisa séria mesmo! Você vai precisar: - vidros (eu usei um que tinha gomos, parecia mesmo uma abóbora, comprado na 25 de março); - retalhos de tecido laranja; - pedaço de feltro preto ou marrom; - lã laranja; - cola; - vela de led ou vela comum. O passo a passo está em vídeo, é bem

Passeio Pela Feira Patch Arte

Olá, Semana passada visitei a Patch Arte São Paulo, acredito ser a última feira de artesanato deste ano por aqui. Sempre que posso gosto de ir as feiras, mas desta vez eu tinha um objetivo especial: aprender a fazer o Rabo de Gato! Aula de rabo de gato no espaço Cris Torchia. Ao lado o meu primeiro tricotin pronto. Eu fiz grande parte e minha mãe me ajudou bastante. É muito rápido de fazer. Agora só falta o arame... Também conhecido como tricotin e icord, o rabo de gato virou mania entre as crafteiras e eu estava ansiosa para aprender. Ele é um tricô feito com tear bem simples, que resulta numa peça bem fina, como se fosse um rabo mesmo, com as tramas perfeitas. E depois usamos arame galvanizado para criar nomes, letras, desenhos...Tem muita referência boa na internet. O curso foi dado pela querida Cris Torchia do Ateliê Lua Azul . Que simpatia! Adorei conhecê-la pessoalmente e aprender essa técnica nova, pelo menos para mim é nova! Acompanhem a Cris, ela faz um trabalho l

Fio da Meada - Workshops

Olá, Nesta semana teve início uma série de palestras e workshops sobre moda, promovida pelo Shopping Iguatemi aqui em São Paulo. Soube por acaso do evento e fui pesquisar mais a respeito. Serão duas semanas de muitas trocas, aprendizado e discussão sobre tecnologia e resgate das tradições. com grandes profissionais da área. O workshop aconteceu no Lounge do Shopping num espaço bem confortável. Ao lado a apresentação do trabalho desenvolvido com as artesãs. Gostaria de participar de vários! Mas infelizmente meus dias estão bem corridos, então selecionei dois. Na terça fiz o workshop Bordando Retratos Iluminados, com o Instituto Campana e as bordadeiras de Sergipe e Alagoas. Experiência incrível! Poder conhecer as bordadeiras nordestinas que trazem os conhecimentos que foram passados de gerações até elas, foi muito incentivador. Minha família é do Nordeste também, da Bahia. E ainda temos algumas peças que foram bordadas pela minha avó, minhas tias-avós e outros parentes. Com

Crochê com Fio de Malha

Olá, Eu adoro crochê e há alguns anos aprendi a fazer o básico. Por enquanto não me aventurei nas roupas (preciso seguir os passos da minha mãe, rs) mas queria aprender algo além das almofadas, tapetes e barras de pano de prato. segundo cesto finalizado, tem uns defeitos na parte de trás, mas sem treino não se chega a lugar algum. Estava na hora de inovar e olhar com carinho o que andam fazendo atualmente. Por isso o fio de malha me interessou, pois tudo que já fiz até hoje usei agulhas finas, tipo 1 e 2, que são as mais tradicionais. O trabalho fica bem delicado, mas não rende, não para mim. Eis que um dia minha mãe comprou um rolo para ela e outro para mim do fio de malha. Seria a primeira tentativa de sair das agulhas mais finas e parti para a número 12. o primeiro que fiz, é bem simples, sem alça e dá para ver os defeitos dos pontos. Logo pensei em fazer um cesto. Acho bonito e eu não sabia fazer o anel mágico. A oportunidade perfeita para testar e aprender coisas

Dia das Crianças...Com Boneca de Pano

Olá, Hoje vai ter post sim! Em homenagem ao Dia das Crianças. Não tenho filhos, mas sempre que presenteava uma criança, procurava brinquedos educativos e que estimulassem o desenvolvimento delas. Meu afilhado, que hoje tem quase 13 anos, ganhou muitos livros e peças de montar. Nos primeiros anos da minha sobrinha também investi nestes brinquedos. Pois ainda não tinha redescoberto minha paixão pelo feito à mão.               Projeto da Kátia Callaça é muito lindo, amei o formato da cabeça, a delicadeza dos olhos... Desde que comecei a costurar, os presentes que dei a ela sempre foram feitos por mim. Desde roupas, a itens de decoração, estojos, lancheiras, bolsas...mas as bonecas são as minhas preferidas! Ah, como eu gostoso fazer uma boneca. É uma experiência das mais lúdicas, nos remete a infância... Na Mega Artesanal comprei o projeto da Pequena Sereia da Kátia Callaça . Sou super fã do trabalho dela, acho bonito o desenho das peças e apesar de ter o projeto da Frida Kahlo,

O Que Andei Fazendo... Alfineteiro - Manual Para Uma Vida Craft

Olá. Sabe aqueles dias em que estamos cheias de trabalho, mas não queremos fazer nada daquilo? Então, acontece comigo também. E num dia destes comecei a folhear o livro das queridas do Superziper , e encontrei o passo a passo de um alfineteiro feito com vidro. Adoro alfineteiros; vidros eu ganhei alguns para usar nas minhas criações; retalhos, plumante tenho de sobra. Tudo certo para por em prática o primeiro tutorial do livro  Manual Para Uma Vida Craft , Meu dia ficou animado novamente! alfineteiro lindo em uso. Foi tudo bem tranquilo, segui os passos e no final, o alfineteiro ficou um charme. Coloquei botões e outros itens importantes para se ter a mão dentro dele. Pensei em presentear pessoas queridas e que não necessariamente sejam da costura, pois quem não precisa de linhas e agulhas para uma emergência? Acho que todos nós! adoro criar em cima das ideias, e para este projeto colei um imã no fundo da tampa para prender as agulhas, achei bem útil. colei uma e

O Que Andei Costurando...

Olá, Nestes últimos meses costurei menos do que eu gostaria. Mas produzi algumas peças que vou compartilhar com vocês. Há algum tempo fiz uma bolsa com aplique de abacaxi . Foi uma peça piloto para testar materiais e modelo antes de colocar na minha loja . Fiz algumas alterações e gostei bastante do resultado. O modelo é simples e bem moderno. As lancheiras (ou bolsas térmicas), fazem muito sucesso. Fiz uma encomenda especial em tons de rosa. Ficou muito fofinha e delicada. Adoramos! Também sob encomenda, fiz dois porta maquiagens, um todo preto e outro nos tons de verde, amarelo e marrom. Este tecido já apareceu por aqui e é bem bonito. Comprei umas alças de couro sintético e precisava testar antes de colocar em produção. Nada melhor do que fazer uma bolsa para mim... E foi o que fiz, escolhi alguns tecidos, que combinassem; o molde é da Rainhas da Costura, lá do começo de tudo, onde fiz minhas primeiras aulas. Adaptei um pouco, gosto de acrescentar ou tirar itens,

Crochê e Eu

Olá, O crochê sempre fez parte da minha vida. Desde sempre uso roupas feitas pela minha mãe, que apesar de não acreditar, é um crocheteira de mão cheia. Bem pequenininha com meu casaquinho rosa de crochê. Mexendo em fotos antigas (a qualidade não é boa, são da década de 80!), encontrei algumas para compartilhar com vocês. Os vestidinhos acredito que eram os favoritas da minha mãe, usei vários. Vestido fofo, mas nos pés meias com sandálias! Dancing Days! Fazendo pose com vestido tomara que caia e bolsa a tira colo. Depois de adulta ela me fez saias, coletes, blusas...  Tentei aprender a fazer quando tinha uns 10, 12 anos, mas não sai das correntinhas. Há poucos anos decidi que era hora de aprender definitivamente a fazê-lo. Os trabalhos manuais estavam em alta e queria colocar flores, fazer almofadas,amigurumis... Toda trabalhada no handmade. Blusa de crochê feita pela Mamis, saia modelada e costurada por mim e bolsa com fecho da Vovó também feita por mim.