Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Tilda Personalizada - Quer uma pra chamar de sua?

Olá, Acho que todo mundo que faz bonecas diz a mesma coisa, que é uma delícia, nos remete a infância, ou seja faz um bem danado pra alma. E eu não sou diferente. Desde que comecei a fazer - a primeira foi uma tilda Frida Kahlo com a Lu Gastal - nunca mais parei. Gostei tanto que acabei desenvolvendo as minhas próprias e estou começando uma empreitada nova, hehehe, fazer tildas personalizadas! E tudo começou assim, sem muito planejamento. Desde a primeira boneca que fiz, todas sempre foram baseadas em projetos prontos e tal, mas um belo dia, quando soube do lançamento do livro da youtuber, confeiteira mais bacana da net, Dani Noce decidi que faria uma para ela. E todo o processo foi bem divertido. Escolhi o vestido, avental, fiz um bolo, coloquei uma franginha, tentei me aproximar o máximo possível das características dela e foi sucesso! A Dani gostou muito. Mas faltava o marido, Paulo Cuenca , que é bem caricato e lá foi a Andrea, tentar r

DIY . Tábua de Passar Repaginada - Ateliê de Cara Nova

Olá, Mais uma etapa da  reforma no meu pequeno ateliê . Depois dos triângulos de  contact nos azulejos , de instalar as prateleiras (que eram portas de armários antigos), da  mesa carretel  e do  cabideiro com a lousa , chegou a vez da tábua de passar. E mais uma vez com vídeo no youtube! Estou empenhada em manter atualizado meu canal. Minha cunhada estava se desfazendo da tábua e eu achei que tinha potencial. A princípio seria para passar minhas costuras mesmo, mas depois achei que seria mais útil ficar ao lado da minha mesa e servir de aparador. E ficou assim desde que me instalei no ambiente. Mas eu ainda não estava satisfeita, precisava de uma pintura, dar uma vida nova para ela. Usei as cores que tinha em casa, nada de gastos desnecessários. E me surpreendi com o resultado. Tábua de passar antes da reforma. Primeiro lixei a peça inteira. Depois fiz um esboço a mão mesmo, de como eu gostaria de dividir as cores no tampo. E com fita crepe fiz a separação dos espa

Feira de Trocas

Olá,  Domingo participei pela primeira vez de uma feira de trocas, a Escambo Handcraft . Desde que soube deste tipo de encontro, fiquei animada para trocar, mas a oportunidade só veio agora e gostei muito. Quem nunca comprou material no impulso e não usou? Ou só usou um pouco e sobrou um monte e ficou acumulado lá no fundo da gaveta? Pois é, praticar o desapego está em alta e trocar os materiais também. Para participar dei uma "geral" no meu ateliê, separei vários itens e parti para a feira.     O evento aconteceu no final de semana, das 10h do sábado, até às 18h do domingo. Eu cheguei umas 15h30 do domingo e haviam poucas pessoas por lá, a maioria já estava guardando os materiais, pena! Mas mesmo assim consegui trocar com uma moça bem simpática. Ela tinha uns pincéis que me chamaram a atenção. Conversei com ela e perguntei o que ela tinha interesse, e assim ela quis ver o que eu havia levado. Ela gostou das carimbeiras coloridas e de um kit de estiletes

Meu Dia a Dia Com Uma Máquina Bordadeira

Em dezembro fez 3 anos que ganhei minha máquina de costura. E até hoje não havia feito nenhum post detalhado sobre ela. Não sou profissional, e fico receosa para indicar esta ou aquela máquina para as pessoas. Como neste mês de março estou participando do desafio da costura no instagram e um dos temas foi  qual o seu sonho craft , descobri que muitas artesãs gostariam de ter uma  máquina bordadeira , e por isso me animei em escrever este post. Nele vou contar minha experiência baseada nestes anos em que a uso. Quando comecei a costurar usava a máquina da minha mãe, uma Elgin de ferro, com aquele gabinete de antigamente embutido nela. Era até moderninha, com alguns pontos de bordado.  Falei dela aqui . Mas não costura muitas camadas de tecido, nem os mais grossos, e deixava a desejar e eu já estava querendo comprar uma para mim. Antes mesmo de iniciar minha pesquisa, ganhei de presente do meu namorado uma  Brother SE400 , eletrônica e bordadeira. Ele comprou sem me avisar, foi su

Ateliê de Cara Nova - Letras Customizadas

Olá, Comentei que fevereiro foi um mês de muitas feiras inspiradoras, e é claro que sairia algum projeto novo depois de ter absorvido tantas coisas. Acredito que tudo tem a hora certa para acontecer, até mesmo no mundo craft. Comprei umas letras de MDF que formam ARTHE há bastante tempo. Mas não sabia exatamente o quer fazer com elas, pintar simplesmente eu não queria, usar técnicas como stencil também não, e por isso elas ficaram na gaveta por alguns meses. Eis que na visita à Craft Design eu vi uma mesa no stand da Santa Graça, onde os pés dela eram letras enormes que formavam a palavra PAZ. E o que mais me chamou a atenção foi o revestimento delas que era com fitas, aviamentos, botões e eu achei lindo demais! Na mesma hora lembrei das minhas pequenas letrinhas e achei que seria a hora delas! Stand da Santa Graça na Craft Design. Gostei demais da cenografia, estava em harmonia com os objetos da marca. O passo a passo está em vídeo, mas tem tutorial com fotos

Disquetes, Mas o Que é Isso?

Nossa, como as coisas mudam rapidamente e da noite pro dia perdem o valor. Se pararmos para pensar em quanta coisa aconteceu em 20 anos? Nesse espaço de tempo tão curto objetos que eram tão úteis foram perdendo espaço e hoje ninguém mais sabe o que são. meu porta lápis com duas cores de disquete, é bem simples de fazer, só usar a cola quente. Ah, ainda arrumei um jeito de colocar o calendário, mas você pode deixar um recado ou colocar uma foto mesmo. Por aqui tento reaproveitar muita coisa, e numa das organizações, encontrei alguns disquetes perdidos. Os precursores do CD, DVD, pen drive...perderam totalmente espaço para armazenar seus dados, mas em compensação dá para fazer tanta coisa bacana com eles. Estas referências eu peguei no Pinterest e tem o link para quem quiser os detalhes. Estes coloridos são demais... vasinhos lindos ( referência aqui ) capa para bloquinho de anotações porta retratos  sacola estilosa Estas são apenas algumas ideias, tem muit

O Que Andei Costurando

Olá. No último mês costurei algumas coisinhas para mim. Fiz duas calças e mais a piloto da calça jeans. Estou bem feliz com essa fase, me lembro que ano passado não tinha muitas peças costuradas, e hoje fiz até bastante coisa, basta ter foco e o meu foi justamente neste ponto, fazer minhas roupas. Mas além das roupinhas, sempre aparecem encomendas de bolsinhas por aqui, e eu adoro. Fiz uma capa para e-reader sob encomenda. Não havia costurado nada deste modelo ainda, e achei que ficou bem fofinha. Essa carteira de mão também é uma peça muito requisitada. É bem prática, cabe celular, chaves, cartão de banco e até uma maquiagem básica. Tem uma alça para colocar no pulso que facilita bastante a maneira de segurá-la, bom sou suspeita para falar, eu tenho, minha mãe também e quem comprou não se arrependeu! Ah, ano passado fui convidada para entrar num grupo de artesãs no whattsapp e nunca havia participado de nada parecido e estou gostando muito. Sempre bom conhecer gente nov

Feiras Inspiradoras - Paralela Gift

Olá, Fevereiro foi bem movimentado no quesito feiras inspiradoras. Não consegui acompanhar todas, mas as que vi foram bem interessantes. A Craft Design já mostrei aqui, e hoje separei algumas fotos da Paralela Gift. Lembrando que estas feiras são para lojistas e profissionais do setor, não é vendido nada a varejo, então vamos nos inspirar... Sandra Barreiro faz obras de arte com fita crepe, aquela mesma que usamos em casa. Fiquei encantada com o trabalho dela. Adorei esses bastidores bordados da Greghi Design. As imagens são feitas à mão, mas o bordado à máquina. Achei bem bonito mesmo. Os dois ainda fazem peças lindas em cerâmica, tinha muita coisa bacana por lá... Adoro luminárias e essa "pegada" industrial está em alta mesmo. Essas da Casa Júpiter são feitas com tubos de cobre, bem criativas. E essa mesa de espelho com texto ao contrário, que só conseguimos ler o reflexo? Achei muito diferente, e estava no espaço Kiokawa Design.  Ando de olho nas cerâmicas

Curso de Modelagem Com Francine Lacerda

E tudo que é bom acaba um dia! Pois é, depois de 4 módulos muito instrutivos, sábado dia 20 foi a última aula do curso de modelagem de calças. Conheci a Francine num workshop de tricô e crochê há algum tempo. Quando soube que ela faria aulas de modelagem, logo me animei. Desde que comecei a costurar, a minha intenção era fazer as minhas roupas, mas não encontrei o curso ideal naquele momento, mas aprendi a fazer muitas outras coisas que gosto muito, como as bolsas. Cheguei a fazer um curso de modelagem de saia reta , e foi muito bom, mas não passou disso.  A primeira calça que fiz no curso de modelagem já em uso. Ficou linda, eu adorei o resultado! A modelagem é diferente dos cursos de costura. Nela você aprende a tirar as medidas e a criar as peças personalizadas. É um curso mais trabalhoso, precisa de estudo, dedicação mesmo. A gente não sai da aula com uma peça pronta, costurada, então é bom pensar mesmo em que tipo de curso você procura antes de se aventurar por est