Pular para o conteúdo principal

Post ou Newsletter? Um Compilado das Inspirações da Semana

Fiz uma postagem no instagram sobre a minha falta de motivação em escrever posts, criar conteúdo para minhas redes sociais, gravar vídeos de "faça você mesmo". E talvez a pandemia/quarentena/fica em casa/vacina, e tudo mais que envolve esse tema, sejam as responsáveis.

Passei por 2020 tentando manter a minha sanidade. Estudei, li muitos livros, tive duas turmas da Vivência Criativa, até fiz experimentos, teve crochê, tricô, bordado. Mas não foram tantos como nos anos anteriores. Respeitei meu momento e somente apareci quando tive vontade. Deixei de lado aquela obrigação de escrever duas vezes na semana, ou postar todos os dias.

Gosto de escrever e de compartilhar, por isso pensei em fazer posts como se fossem um resumo da minha semana, do que tenho feito, ouvido, lido, estudado, algo menos elaborado do que fotografar um passo a passo ou gravar um vídeo, mas mesmo assim inspirador para quem sempre está por aqui.

A ideia é começar às segunda-feira: ou seja, hoje! A cada semana um post meio newsletter vai surgir por aqui. E as quintas continuarão com os projetos concluídos, os tutoriais, como sempre foi. Espero que gostem!

Então vamos começar?

Fim de semana fui até a obra. Para quem não sabe sou arquiteta e reformo uma casa há quase dois anos! Pasmem! Muitas coisas aconteceram, inquilina que levou 60 dias para deixar o imóvel, troca de toda a fiação elétrica, reforma completa da fachada e muros laterais, pandemia e mais um monte de outras coisas que quando eu fizer um antes e depois contarei com mais detalhes.

Com ajuda de uma espátula tirei o cimento mais "grosso" que estava grudado. 
Este foi só o primeiro passo, ainda preciso pesquisar como restaurar essa cerâmica.

A ideia era voltar a obra na semana também, mas logo no primeiro dia me machuquei. Exagerei no uso da lixadeira e tive que dar uns dias de folga para meu corpo. Enquanto isso dei uma geral no piso da cozinha. Num primeiro momento ele seria coberto com cimento queimado. Depois mudei de ideia e vou preservá-lo, pois essa cerâmica tem história e apesar dos quarenta anos de uso, ainda se mantém em bom estado.

Só uma amostra do conteúdo gratuito oferecido por ele diariamente.

Tenho estudado sobre marketing digital. Acompanho sempre O Novo Mercado do Ícaro de Carvalho, mas existem muitos outros, como o Paulo Cuenca que vem com tudo nesse nicho, e tive várias ideias nas lives da semana passada.

Terminei de ler Sobre a Escrita, do Stephen King e realmente a escrita dele é cativante. Não penso em escrever livros, mas se você sim, essa leitura é indispensável!

Chá todos os dias, biscotinhos de vez em quando, e livro sempre!


Você gosta de podcasts? Eu era bem resistente e demorei um pouco para aderir, mas hoje gosto e aproveito para compartilhar um que não conhecia, mas que ouvi e me fez pensar sobre relacionamentos. Café com Cuscuz é o nome dele, o episódio, Uma Expectativa Chamada Casamento, vale deixar tocando enquanto você faz aquela faxina na casa, ou lava a louça...

A série austro-alemã, é bom ouvir outros idiomas além do inglês. Descobrir atores, fotografias, histórias...não foi a melhor que já assisti, mas acho interessante fugir do senso comum.

Busquei séries pouco divulgadas para fugir do "que todo mundo tá vendo" e encontrei Freud. A primeira temporada está disponível na Netflix e envolve o tema psicologia, misticismo, hipnose. Apesar de ter esse nome e ser baseada em alguns fatos verídicos da vida de Freud, é uma ficção. Gostei, é diferente do que normalmente assisto.

Vou terminando por aqui, semana que vem tem mais. E me diga o que achou desse tipo de postagem.







Comentários

  1. Amei. Prefiro ler e gosto de resumos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Muito obrigada pelo feedback. Seu nome não apareceu aqui, mas seja sempre bem vinda!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Presépio de Crochê

Faz alguns anos que desejo fazer um presépio de crochê para mim, e sempre penso que vou começar em janeiro, para que no final do ano ele esteja pronto. Acontece que janeiro é sempre mais agitado, depois vem carnaval e quando você percebe já acabou o ano. Meu presépio montado, estou bem feliz com o resultado. Não imaginei como esse projeto traria tanta alegria para minha casa. E neste 2019 não foi diferente, ou melhor, foi. Janeiro passou, chegou o meio do ano e nada de presépio. Mas um dia, no final de setembro decidi começar a crochetar o meu. Bastou dar os primeiros pontos para que eu tivesse disposição e assim foi. Antes mesmo de novembro terminar eu já estava com oito personagens prontos, que ao meu ver são os essenciais.             Alguns registros que fiz na execução dos três reis magos. Ontem, primeiro de dezembro montei meu presépio de crochê, usei uma base de mdf pintada (feita por mim que vai entrar na loja) para o fundo, e ficou lindo! Não imaginei como e

Presente de Aniversário - Aula Com a Lugastal

Segunda foi meu aniversário, e não consegui preparar nenhum post com antecedência - aliás isso está virando uma constante na minha vida de aspirante a blogueira. E não é porque não estou produzindo nada para compartilhar, muito pelo contrário estou numa fase super produtiva, mas não estou conseguindo me organizar para preparar os posts, aliás é preciso fotografar, passar as fotos para o computador, tratar as fotos, digitar o texto, é um trabalhinho considerável, que eu adoro, só não estou dando tanta prioridade neste momento. Um mar de Lindas! E só a minha de calça e blusa!  Algumas fotos são minhas, outras da Lu e das meninas Mas vamos o melhor dessa semana, rever minha querida amiga Lu Gastal. Quem está aqui há mais tempo sabe como eu e a Lu somos parceiras. Nos conhecemos num Patch Encontro promovido por ela em 2014 e desde então foram tantos eventos, feiras, aulas, passeios juntas. Quanta coisa boa tem acontecido comigo nos últimos tempos.              Quanto carinh

A Chita É Chique?

Para inaugurar essa nova etapa do blog, nada melhor que começar com um post bem colorido e cheio de histórias. Quem não conhece a chita, não é mesmo? Esse tecido mega colorido que era considerado de baixa qualidade, e agora começa a ganhar novos ares e novos lares também. Digo era, porque numa pesquisa rápida, descobri que tem estilista produzindo peças incríveis com ela, vem comigo. Quem me conhece um pouco mais sabe que adoro livros, e sempre dou uma olhadinha nas livrarias para conhecer as novidades. Numa destas, encontrei esse daqui: Uma Festa de Cores Memórias de um Tecido Brasileiro, que logo me chamou a atenção pelas cores. Ele conta a trajetória da chita no Brasil e como aqui se fez presente em muitos lares brasileiros. Os desenhos (ou melhor, colagens) são de Anna Gobel, com textos de Ronaldo Fraga. Não tive dúvida, comprei na hora! "Estampas falam, cores suspiram...mas só a chita canta e dança." Algumas páginas do livro, as imagens foram feitas com pedaç