Top Down com a Nat Petry

Olá,

Ano passado foi meu ano do crochê. Se você quiser saber mais sobre como tudo aconteceu, dá uma olhada neste post aqui. Apesar de ter me dedicado a ele, 2017 também decidi retornar/aprimorar o tricô. E agora em 2018 estou focada no aprendizado e aperfeiçoamento desta técnica apaixonante.

Meu primeiro passo para definitivamente melhorar meu tricô foi começar um curso. Escolhi o Tricô e Crochê Intermediário, com a Cris Bertoluci e a Tainá Denardi, no Sesc Pompéia. Um dos meus lugares favoritos em Sampa. Serão três meses de aulas, e assim que terminar eu farei um post exclusivo sobre ele.

Registro dos primeiros momentos do curso.

Hoje quero falar das aulas de topdown com a Nat Petry, essa querida que veio do sul para nos dar um curso maravilhoso. Quem não conhece a Nat precisa conhecer. Ela é uma querida, super criativa, empreendedora, animada e muito boa professora. Fiz meu primeiro tapete de fio de malha com ela e foi sucesso.

Ecobag linda da Nat, o fio hobby que já ganhou meu coração e o kit que a 
Círculo nos ofereceu para a aula. 

As aulas aconteceram em dois dias, na sexta a noite e no domingo de manhã. A técnica do topdown consiste em fazer uma peça começando da gola até a barra, fazendo as mangas junto e praticamente nada de costura. Há tempos venho namorando esse tipo de aula.

Na sexta tiramos as medidas e demos início a gola e ao corpo da blusa. Com esses conhecimentos dá para fazer uma blusa de qualquer tamanho, e isso é o mais legal da aula, vou conseguir reproduzir não apenas uma receita, mas o método; estou bem animada.

Cada detalhe foi pensando.

Saímos da aula com lição de casa, então passei meu sábado praticamente todo fazendo isso, para poder aproveitar ao máximo a aula de domingo. E no final de semana fez frio em SP, foi muito gostoso tecer com esse tempinho e debaixo do cobertor.

Até eu fazer este post este foi o andamento da minha blusa. Pudemos escolher a cor do nosso projeto, eu cheguei cedo e havia muitas opções, mas como
 gosto de marrom fui nele primeiro.

No domingo aprendemos a separar as mangas do resto do corpo. Teve muito cálculo no curso, na verdade costurar, tricotar e crochetar tem muito da matemática; aliás ela existe em tudo. Aprendemos como fazer aumentos, diminuições, arrematar e emendar fios, a aula foi muito proveitosa. Ainda tem muito para terminar, e como tenho outra blusa em andamento do curso da Cris, provavelmente ainda levarei um tempo para finalizar.

             
Peguei o registro da Re do Ponto Sem Noh Armarinho, já que saí as pressas e não pude tirar foto com a Nat.

O curso foi ótimo, de novo no Pipoca Café, super pertinho de casa e aconchegante, além da pipoca, chazinho tem um cookie de chocolate maravilhoso, o melhor que já comi na vida. A Círculo patrocinou o curso oferecendo os fios (alias amei o Hobby, nunca havia usado), agulhas circulares e auxiliares, teve marcadores de ponto, fita métrica, apostila e uma ecobag maravilhosa da Nat.

Só elogios para ela e para o curso. Amei demais. E como sempre digo, cada aula é uma experiência gostosa, conheci meninas incríveis, reencontrei outras...essa troca ainda é a melhor parte de todo processo.





Comentários

Postagens mais visitadas