O Que Andei Costurando...Boneca de Pano

Olá,

Sempre comento por aqui o quanto eu gosto de fazer bonecas de pano. Quando me sentei à máquina de costura a primeira vez, minha intenção era fazer/ajustar minhas roupas. Como não encontrei nenhuma escola que me agradasse - naquela época - optei em fazer um curso voltado para os acessórios, foi onde aprendi a ligar a máquina, passar a linha, encher a bobina, colocar zíper, viés, fazer forro embutido. Ou seja, as principais técnicas para dar os primeiros passos na costura.

Minha mãe fez uma mini rede para colocar a boneca, ficou muito fofo o kit.

Logo depois tive a oportunidade de fazer minha primeira boneca. Era uma boneca/almofada, que não tinha braços nem pernas. Era a Frida! A segunda da minha mini coleção, sendo que a primeira eu comprei numa feirinha. Já a primeira boneca de verdade - digo com braços e pernas - eu fiz num curso com a Lu Gastal. Foi a Frida Tilda. E desde então minha ideia sobre a costura mudou. E um mundo de possibilidades se abriu. Me realizei fazendo bonecas de pano.

Adoro escolher as roupas, as cores, os detalhes do cabelo.

Depois muitos outros cursos vieram. E a paixão pelos bonecos só aumentou. Aprendi a fazer os amigurumis, que nada mais são do que bichinhos/bonecos de crochê e representam muito bom as bonecas de pano.

Dia destes recebi uma encomenda de boneca para uma menininha que faria 1 ano. Tive liberdade para criar. Usei a boneca base que comprei da Kátia Callaça, mudei as roupas e o cabelo. O rosto também ganhou uma boquinha fofa.

Comprei essa cadeirinha numa Mega Artesanal e uso muito na composição das fotos.

Fico bem feliz em ver o valor que algumas pessoas dão a criação artesanal. Hoje em meio a internet, redes sociais, brinquedos eletrônicos, há um resgate da brincadeira analógica. Aquelas que nós brincávamos e eramos tão felizes!


Comentários

Postagens mais visitadas