Minha Primeira Oficina - Agulha de Crochê de Bambu

Minha primeira oficina de agulha de bambu aconteceu no começo do mês, e quando tive a ideia de dar essa aula, pensei se alguém teria interesse em fazer. E sim, algumas pessoas se interessaram.

No final da oficina, todas felizes com suas agulhas.

Num sábado frio - depois de muitos dias de calor - mas com solzinho para esquentar fizemos a aula. Aconteceu no Atelier Bouquet, um espaço colaborativo na região do Pacaembú, em SP. O lugar é lindo, tem uma área externa ampla e convidativa e esse foi o ponto decisivo para que eu o escolhesse.

  
Montei um coffe break bem bonitinho e diy.

     
Nossa oficina ficou dividida entre a mesa e o solzinho da área externa.

      

     
Meninas trabalhando e curtindo cada momento da criação das suas agulhas.

Trabalhar com bambu é uma delícia. Sou curiosa, nunca fiz curso e a ideia surgiu numa visita a casa dos meus tios no interior de Minas Gerais. Depois desse dia trabalhei muito com esse material. Fiz pesquisas e descobri que ele não é uma madeira, como eu imaginava. E aos poucos fui aprimorando e desenvolvendo minha própria técnica, mas faltava testar com as alunas.

As meninas foram super bem, aprenderam rápido e criaram agulhas lindas. Eu fiquei impressionada com a destreza e com o resultado final. Todas conseguiram produzir suas ferramentas de trabalho durante as horas do curso, poder acompanhar de perto, dar as dicas e auxiliar para que todas conseguissem concluir foi bem importante para mim. Na verdade esse tipo de trabalho, que é quase meditativo, não existe certo ou errado, e cada pessoa tem o seu tempo.

 
Camila registrando as etapas da execução. Ao lado, todas desenhando, preparei uma atividade bem interessante para destravar e começar a trabalhar com o bambu.

    
Agulha da Kátia Linden.

 
Agulha da Telma - Casa Craft. Cada uma das meninas ganharam uma 
necessaire estampada por mim.

Agulha da Camila Crocheteando, e a amostra que ela fez após terminar a agulha.


Mais uma foto para registrar esse momento feliz!
 
Fiquem atentos que novas datas surgirão. Espero atender todas que não conseguiram participar (férias e feriado na semana da oficina) em breve. Aguardem!

E lembrando que fazer sua própria ferramenta de trabalho é libertador.

Todas as etapas registradas na foto linda da Camila.



Comentários

Postagens mais visitadas