Quadradinhos de Crochê

Olá,

Os quadradinhos da vovó são uma referência quando o assunto é crochê. Desde muito nova já gostava das colchas cheias de cores e flores feitas com eles.

Quando aprendi crochê achei que jamais faria uma colcha. Para quem está começando, fazer uma peça grande é amedrontador. E o mais engraçado disso, é que ano passado dei início ao projeto da manta do tempo e foi isso que me fez "perder" o medo de encarar grandes projetos.

As quatro amostras de quadradinhos que fiz durante as aulas. 
Todas são com fio Mollet e agulha 3.5

Mas hoje quero falar dos quadradinhos para doação. Sei que existem muitas pessoas / coletivos que arrecadam e depois costuram as mantas para doar a instituições. Já participei uma vez fazendo quadrados de patchwork, que foram unidos numa bela colcha. Mas de crochê ainda não.

Este foi ensinado pela Roberta da Boho Art Crochê.
Usei os fios que tinha em casa, mas dá para criar muita coisa com a cartela de cores 

Este mês houve uma mobilização nas redes sociais através da querida Dani Maison Rustique, com várias aulas ao vivo de crocheteiras maravilhosas, ensinando alguns modelos de quadrados. Movimentamos a #quadradinhosbrasil e assim todo mundo tem doado um pouco do seu tempo para ajudar. Eu acompanhei todas, fiz uma amostra de cada e agora pretendo fazer os quadradinhos e participar dessa corrente do bem.

     
Este quadradinho ensinado pela Júlia Sândalo e Cedro

Se você é iniciante, fazer quadradinhos é uma ótima maneira de treinar pontos mais básicos. Se você já sabe crochê, mas tem dificuldade na escolha das cores, o quadradinho também é uma forma super interessante de treinar seu olhar. Os fios mais comum para fazê-los são os 100% acrílico. O Mollet da Círculo tem preço super acessível.

Este é o da Mari Pra Gente Miúda

Só vejo vantagens em fazer os quadrados da vovó, além de tudo que já citei acima, você ainda ajuda a aquecer quem tem frio. Dá uma pesquisada na sua região e veja o tamanho ideal, se eles precisam de ajuda para unir e assim vamos fazer aquela corrente de boas energias, que tanto precisamos.

Quadradinho cheio de amor ensinado pela Nat Petry, com a técnica do fio conduzido.




Comentários

Postagens mais visitadas