DIY - Calendário Relâmpago

Olá,

Tudo bom? Estou voltando as atividades devagar. Machuquei a lombar e estou aproveitando o repouso para descansar mesmo, ler mais e escrever também.

Mas o ano começou e precisava de um calendário novo para colocar no ateliê. Apesar de termos tudo no celular e na agenda, eu gosto de ter um calendário pendurado na parede, para olhar de longe e já enxergar as datas.

Não furei a parede, coloquei um barbante e prendi na prateleira, gostei do lugar, ficou bem visível.

Ganhamos alguns dos comerciantes no fim do ano. Mas todos bem feios eu diria, apesar do calendário em si ser muito bom, com números grandes e bem visíveis. Então decidi aproveitar essa parte e mudar apenas o papel do fundo.

Você vai precisar apenas de um calendário, papel de presente ou recortes de revista, tesoura e cola.

Calendário da Liquigás nunca falha, todo ano temos; e a capa da revista escolhida.

Primeiro destaquei o bloquinho dos meses e deixei reservado. Pequei o papelão que serve de suporte para eles e procurei em recortes de revistas imagens que eu gostasse e pudesse fazer uma composição interessante. Encontrei na capa de uma revista a imagem ideal.

Centralizei a capa no papelão, ficou um pouco menor e cortei a parte que sobrou, não comprometeu em nada o conjunto.

Colei sobre o papelão e recortei a sobra. Depois com fita dupla face centralizei o bloco dos meses nas laterais e deixei um pouco acima da base. Com furador refiz o furo para prender na parede e pronto!


Tenho um belo calendário para 2017 sem gastar nenhum centavo. Todos os materiais eu tinha em casa e não levei nem 20 minutos para fazer tudo!

Gosto de guardar algumas páginas / imagens de revistas para encapar cadernos ou mesmo fazer composições em quadros (há tempos estou querendo fazer isso aqui no blog, este ano saí), fica bem diferente e ninguém tem igual. Sempre encapei meus cadernos da escola, fazia isso também com latinhas e embalagens para deixar minha escrivaninha bonita. Hoje é muito fácil encontrar materiais assim, mas há 20 poucos anos não era não! Por isso que a gente se virava na criatividade!


Comentários

Postagens mais visitadas