Pular para o conteúdo principal

Bazares Dia Das Mães

Olá,

Sábado foi agitado por aqui. Tiveram muitos bazares de dia das mães, e eu visitei dois. O primeiro foi o Bazar Ógente, e Ógente Kids no mesmo dia e num novo local, no Instituto Tomie Othake. Este é o meu bazar favorito, acontece 4 vezes ao ano, se não me engano e vou sempre.

Gostei da nova localização, o prédio é bem bonito, sempre tem exposições e outras feiras lá. Acho que os expositores gostaram muito também. Fica próximo a Av. Faria Lima, e o fluxo de pessoas aos sábados pela região é grande, tem muito barzinho, comércio nas redondezas...acredito que tenha sido uma boa escolha a mudança. Logo na primeira parada encontrei a Luiza, minha amiga secreta da troca craft, comentei sobre ela aqui. Conversamos um pouco, muito legal quando as amizades virtuais extrapolam as redes sociais e chegam na "vida real".

Não fotografei nada lá. Ah, é sempre assim, eu conheço muitos expositores e conversa vai e vem eu acabo não lembrando mesmo. Mas as comprinhas estão devidamente fotografadas...

Estes colares lindos da Caterina foi Passear...O primeiro é um globo branco, bem legal para quem curte viajar, e o segundo uma pedra com uma plaquinha escrito love. Amei os dois e são presentes.


Já estava de olho há tempos nas sandálias da Xique-Xique. A marca é de Recife e são feitas à mão, em couro. Muito lindas. Não pude deixar de comprar as minhas...Simplesmente amei este modelo. A cor então é demais, bem diferente. Estou louca para usar...

Baths é a marca da minha amiga Fernanda, e não é por ser minha amiga não, mas tudo é muito gostoso, perfumado e agora vegano. A Fê é uma querida e os produtos deliciosos. Esse óleo esfoliante é um dos favoritos.

Da Studio Faby comprei esse potinho que vai virar vaso para minhas suculentas, e um porta guardanapos bem diferente, com pesinho para segurar os papéis, mas era presente e já entreguei, nem deu tempo de fotografar :(



Antes de sair comi uma empanada de carne deliciosa no Mi Sabor Latino, que está sempre presente nos bazares e eu adoro.

Bem próximo dali acontecia o Mercado Manual, no Museu da Casa Brasileira. E lá fui eu...Gravei até um vídeo mostrando o espaço que estava simplesmente lindo! O dia estava bem bonito, apesar de ter começado frio, o sol abriu e esquentou a temperatura. Tinha muita coisa bacana e diferente. Além dos artesãos, tinham vários food trucks, música, brincadeiras para as crianças, oficinas...eu gostei muito.



Tem vídeo mostrando um pouco do lugar e da música maravilhosa que tocava enquanto estive por lá.

A área externa do Museu é muito bonita, vale conhecer. Sempre acontece eventos, exposições, tem restaurante...um passeio bem legal para quem estiver em São Paulo.

Essa tenda no centro do gramado estava linda, toda decorada com bolas de isopor com crochê; o espaço era destinado a música, que ficou por conta do projeto Ondina...e estava tão gostoso ficar ali, que não vi a hora passar...

Não fiz compras, apenas esse cookie de banana com chocolate da Natural Cookies e não me arrependi. Simplesmente divino!

Tarde de sábado foi bem gostosa, com música boa, dia lindo de sol, gente descolada e muito criativa.

A Sacoleira estava por lá também, com suas sacolas coloridas. Eu tenho várias e sou super fã da Pricila. Acho que estou na fase dos sapatos...gostei muito destes em latex, são da Piracaianas. Não experimentei, mas me pareceram bem leves e macios, além de muito diferentes.


Vi muita gravura, acessórios, crochê...o bazar era bem diversificado. Não tem como fotografar tudo, mas no site é possível ver os expositores e se programar para os próximos.

Gostaram?

Comentários

  1. Adorei o post! E conhecer você pssoalmente e no estande do Superziper foi incrível! Gostei muito das dicas do Mercado Manual, principalmente os sapatos. Me chamou atenção porque são de uma cidade que frequento de vez enquando. Fiquei com vontade de conhecer o trabalho delas. Beijos, Luiza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza, foi muito bacana mesmo. Adorei conhecer vocês!
      Estou numa fase de sapatos agora, rs. Gosto de valorizar o feito a mão e tem muita gente fazendo coisas legais por ai. Vale a pena pesquisar sim!
      Que bom que gostou das dicas!
      Beijos e até a próxima!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Presépio de Crochê

Faz alguns anos que desejo fazer um presépio de crochê para mim, e sempre penso que vou começar em janeiro, para que no final do ano ele esteja pronto. Acontece que janeiro é sempre mais agitado, depois vem carnaval e quando você percebe já acabou o ano. Meu presépio montado, estou bem feliz com o resultado. Não imaginei como esse projeto traria tanta alegria para minha casa. E neste 2019 não foi diferente, ou melhor, foi. Janeiro passou, chegou o meio do ano e nada de presépio. Mas um dia, no final de setembro decidi começar a crochetar o meu. Bastou dar os primeiros pontos para que eu tivesse disposição e assim foi. Antes mesmo de novembro terminar eu já estava com oito personagens prontos, que ao meu ver são os essenciais.             Alguns registros que fiz na execução dos três reis magos. Ontem, primeiro de dezembro montei meu presépio de crochê, usei uma base de mdf pintada (feita por mim que vai entrar na loja) para o fundo, e ficou lindo! Não imaginei como e

Presente de Aniversário - Aula Com a Lugastal

Segunda foi meu aniversário, e não consegui preparar nenhum post com antecedência - aliás isso está virando uma constante na minha vida de aspirante a blogueira. E não é porque não estou produzindo nada para compartilhar, muito pelo contrário estou numa fase super produtiva, mas não estou conseguindo me organizar para preparar os posts, aliás é preciso fotografar, passar as fotos para o computador, tratar as fotos, digitar o texto, é um trabalhinho considerável, que eu adoro, só não estou dando tanta prioridade neste momento. Um mar de Lindas! E só a minha de calça e blusa!  Algumas fotos são minhas, outras da Lu e das meninas Mas vamos o melhor dessa semana, rever minha querida amiga Lu Gastal. Quem está aqui há mais tempo sabe como eu e a Lu somos parceiras. Nos conhecemos num Patch Encontro promovido por ela em 2014 e desde então foram tantos eventos, feiras, aulas, passeios juntas. Quanta coisa boa tem acontecido comigo nos últimos tempos.              Quanto carinh

A Chita É Chique?

Para inaugurar essa nova etapa do blog, nada melhor que começar com um post bem colorido e cheio de histórias. Quem não conhece a chita, não é mesmo? Esse tecido mega colorido que era considerado de baixa qualidade, e agora começa a ganhar novos ares e novos lares também. Digo era, porque numa pesquisa rápida, descobri que tem estilista produzindo peças incríveis com ela, vem comigo. Quem me conhece um pouco mais sabe que adoro livros, e sempre dou uma olhadinha nas livrarias para conhecer as novidades. Numa destas, encontrei esse daqui: Uma Festa de Cores Memórias de um Tecido Brasileiro, que logo me chamou a atenção pelas cores. Ele conta a trajetória da chita no Brasil e como aqui se fez presente em muitos lares brasileiros. Os desenhos (ou melhor, colagens) são de Anna Gobel, com textos de Ronaldo Fraga. Não tive dúvida, comprei na hora! "Estampas falam, cores suspiram...mas só a chita canta e dança." Algumas páginas do livro, as imagens foram feitas com pedaç