Mesa Posta na Quarentena

Não sei se foi só a quarentena (que já vai para mais de cem dias) que nos "obrigou" a passar mais tempo em casa cozinhando (não pedi comida nenhuma vez), junto ao fato de projetar uma casa; mas tudo isso acabou despertando em mim a vontade de aprender um pouco mais sobre a mesa posta, coisa que nunca existiu na minha casa. Aqui sempre servimos a comida na panela em cima do fogão, nada de refratários bonitos, mesa organizada...

A Masterclass foi ao vivo num sábado, era possível interagir com elas através das perguntas.
 Depois a aula ficou salva na plataforma com acesso vitalício, e tivemos um bônus com as fotos das combinações de pratos, e um guia de como montar as mesas de café, de almoço...

Já tem alguns anos que venho me interessando pelo assunto, mas atualmente surgiu a oportunidade de fazer uma masterclass, que nada mais é do que uma aula on line sobre a mesa posta. E foi muito instrutivo e inspirador.

As idealizadoras são as irmãs cariocas, Ciça e Lulu Rego Macedo. A Ciça sigo há alguns poucos meses, uma designer de interiores que tem um escritório de arquitetura e dá boas dicas de tudo, inclusive como colocar uma mesa bonita faz toda a diferença na nossa rotina. A Lulu conheci através do curso.

Tudo foi filmado na casa da Lulu, com as peças dela, da Ciça e da família. Foi muito interessante saber mais a parte histórica das louças, os tipos de mesa, e muito mais.

A aula foi bem na prática, com elas mostrando as louças de família, contando como isso é uma constante na vida delas, como foi importante o fato dos pais as terem ensinado o cuidado com as refeições desde cedo.

Passada a masterclass fui atrás dos presentes de casamento que minha mãe ainda tem guardado e nunca usa - sim, isso acontece e pelo visto em muitas outras famílias também - e encontrei porcelanas muito lindas, e algumas peças bem interessantes.

  
Toalhinha que ensinei no youtube para deixar bem com cara de aconchego. 
Essa peça é pintada a mão e é bem característica da época, por volta da década de 70.

A Talha, esse tipo de suqueira, eu sabia que existia e já tinha separado para mim. Só que fiquei com vontade de montar uma mesa, e tirei ela do armário. Muitas pessoas compartilharam comigo o quanto elas gostam deste tipo de peça vintage, que representa uma época. No outro dia fui atrás do filtro azul, que eu também sabia onde estava e mais uma vez todos gostaram muito dele.

    
Esse filtro é da minha tia, tem uns quebradinhos de dão o charme da peça. 
Já tem lugar garantido na minha cozinha.

Como as peças antigas de família, com histórias ou não, são importante na nossa vida. Elas nos remetem aos tempos dos nossos pais, dos nossos avós, e gosto muito de me ver naquela época, de pensar como eles viviam, é muito interessante essa experiência.

Misturar o antigo e o moderno é muito legal na decoração, portante se você encontrar nos armários da família estes objetos, não se desfaça deles, acrescente aos seus e sua casa ficará mais bonita e com vida.



Comentários

Postagens mais visitadas