Mudar de Ideia no Meio do Caminho

Estou num grande processo de busca. Acho que todos estamos. Entrei na faculdade de arquitetura porque gostava de desenhar. Me formei, trabalhei anos na área...mas busquei outras formas de me expressar. Fiz dança de salão por mais de 12 anos, parei para me dedicar a costura. Infelizmente não conseguia fazer tudo ao mesmo tempo.

Momento feliz, com meu tricozinho, sentada na cama... esse resgate do artesanal 
me trouxe inúmeros benefícios.

Tenho saudade da dança? Sim. Mas nada me impede de voltar um dia. Agora estou feliz por ter me dedicado a aprender outras coisas, que também me ajudaram a ser a pessoa que sou hoje. No mundo das manualidades, já costurei, tricotei, bordei, crochetei, estampei, feltrei, desenhei, tingi...dentre muitas outras atividades.

Costurando minhas roupas. Esse processo foi transformador.

O estudo me move. Quando vejo a possibilidade de aprender algo novo, minha dopamina vai nas alturas! Mas entendo que é preciso ter foco. Não posso viver de cursos apenas. Quando lancei minha loja, lá em janeiro de 2013, não sabia o que me esperava. Fiz muitas bolsas, necessaires, cestinhas para recém nascido, mas isso não me bastava mais.

Prancheta com projeto em andamento. Me realizo com 
a arquitetura, mas não mais só com ela.

Continuo fazendo projetos de arquitetura. Gosto da profissão, apesar de hoje em dia ter algumas ressalvas. Está cada vez mais difícil trabalhar com bons profissionais, e eu como sou perfeccionista, acabo desgastando muito minha saúde mental.

Estamparia manual, crochê com fio de malha...vejo muito de mim nessa foto. O tanto que aprendi com o crochê, quantas pessoas incríveis eu conheci. Principalmente com o fio de malha, que modernizou e trouxe para os trabalhos manuais grande parte das pessoas hoje em dia.

Vendi crochê, mas também não é com isso que quero trabalhar. Acho que a estamparia manual é a minha escolha. Em 2013 dei meus primeiros passos na xilogravura, depois me aprofundei fazendo block printed, e nunca deixei de estudar esse tema.

Inclusive ando buscando o uso de tintas naturais para estampar. Mas isso é assunto para outro post.

Comentários

Postagens mais visitadas