Vestidos, Como Não Amar!

E sábado acabou o curso de modelagem de vestidos. Foram cinco aulas muito proveitosas e estou atingindo a minha meta de me dedicar a produção das minhas roupas neste segundo semestre. Feliz!

Formadas! Eu (com meu vestido cintura baixa) e minha colega Marie no último dia de curso de modelagem de vestidos. 

Desde que comecei a costurar, meu interesse era em fazer minhas roupas. Gosto de moda, de artes e arquitetura é lógico e criar as suas peças tem relação com tudo isso. Além de encontrar dificuldades na compra delas em lojas (normalmente ficam bem grandes, ou se ficam justas no quadril, largas na cintura e assim vai) a possibilidade de desenvolver seus modelos é motivador. E adoro desafios.

Comecei um curso de modelagem de saias há bastante tempo. Era uma modelista que trabalhou em grandes marcas. Foi bem interessante, mas ficou apenas nisso, não tiveram mais aulas. Então conheci a Francine Lacerda. Suas roupas já eram bem conhecidas por ter referências no estilo ladylike e que até então não faziam parte do meu guarda roupa. Não faziam, mas agora fazem e muito!

O primeiro módulo foi de saias. Apesar de já ter feito numa outra ocasião, resolvi experimentar e conhecer o método da Francine, e não me arrependi. Em cinco aulas foram produzidas quatro modelagens.Todas feitas sob medida. Meses depois veio o módulo de blusas. Mais uma surpresa! Tira medida daqui, desenha ali e no final, cinco peças modeladas. Saldo super positivo!

peça piloto vestido reto com recortes e peça piloto vestido tipo bata
O módulo de vestidos era o mais esperado por mim. Em cinco aulas, cinco modelagens criadas, todas diferentes e com o meu toque, ou seja eu escolhi qual modelo fazer e o resultado foi muito incrível. Consegui fazer as peças piloto correspondentes aos quatro primeiros modelos (o último foi sábado e ainda não fiz!), e consegui fazer um deles no tecido final, com forro e zíper embutido. Fiquei muito satisfeita!

Vestido cintura baixa com o detalhe do decote nas costas. Ao lado a peça piloto do vestido tipo envelope com bolsos.

Lembrando que o curso é de modelagem, para costurar as peças é preciso fazer outro curso, o de corte e costura. Por enquanto estou nas modelagens. Através dos meus conhecimentos de costura, vou na tentativa e erro na hora da costura final e tem dado certo.

Caso você queira fazer um workshop e já sair com seu vestido pronto, também pode! Existem algumas opções de peças que você pode escolher. Dá uma olhada no site.

Próximo passo? Finalizar a última modelagem, fazer a peça piloto e costurar todos os modelos. Quero poder usar meus vestidos nas festas de fim de ano, estou empenhada.

Para fechar o ciclo, falta o curso de modelagem de calças. Com certeza depois dele comprarei bem menos roupas e terei peças lindas e exclusivas feitas por mim, e o melhor, ajustadas ao meu corpo e isso não tem preço!

Obrigada Francine por me proporcionar estes momentos incríveis que só a costura pode nos trazer!


Comentários

Postagens mais visitadas