De Cabeça Pra Baixo

Dividi com vocês meu novo cantinho de criatividade e desde então já mudei algumas vezes o layout do espaço. Cheguei numa configuração bacana, com bancadas de apoio a minha mesa principal e acho que agora ficou bom.

Bagunça criativa no meu ateliê...Preparativos para o Natal
Banco porta coisas já em uso.

Mas faltava um apoio para as réguas, para tecidos em uso, sabe aquela hora que a gente precisa "limpar" a mesa para começar um projeto novo? Então eu apoiava num banquinho mas não estava dando conta. Voltando as minhas pesquisas no pinterest encontrei um projeto legal de um banco virado de cabeça pra baixo, bem multiuso, como eu estava precisando. E lá fui eu, mais uma vez nas minhas aventuras pelo mundo do faça você mesmo.


Ponto inicial, nada de gastar! Olhei os bancos de madeira aqui de casa e todos estavam muito bem utilizados. Mas por que não usar um banco de plástico? E melhor ainda, não precisava comprar, ele estava bem ali no meu ateliê.









Acima o banco de referência (pinterest) e ao lado o de plástico que usei com as medidas.

Banco escolhido, agora era decidir qual tecido usar. Pensei na chita que fiz os detalhes na jaqueta jeans, gosto da cor, gosto do material e com certeza tem tudo a ver com o meu novo espaço.
Tecido escolhido, agora era tirar as medidas e partir para a costura. Fiz um molde simples, que varia de acordo com o tamanho do seu banco, mas segue para referência.

recorte 4 partes no tecido, costure as laterais para formar um "saco", na parte inferior faça uma barra e coloque um cordão para amarrar. Costure a faixa superior e costure no "saco", cuidando para que a dobra fique com o direito para fora.

Depois de costurar as 4 partes, fiz a barra de baixo, passei um barbante para fechar um pouco, formando um "saco". Costurei uma fita de cetim em cada ponta do banco e dei um laço para amarrar o tecido no "pé" de plástico (acredito que seja mais fácil entender vendo a foto). Na parte de cima, dobrei uma barra que encaixou certinho nos pés do banco e não precisei de nenhum artifício para fixar.

Primeiro o "saco" costurado e com o cordão já amarrado. Na segunda foto coloquei o EVA para prender o fundo e dar melhor acabamento. No detalhe as fitas que costurei a mão que ajudam o tecido ficar preso no banco, e dão um charme.

Faixa superior dobrada sobre os pés do banco. 

Para dar acabamento na parte interna, medi o acento do banco num EVA e coloquei para fazer um fundo. Estou pensando em colocar rodízios também, mas por enquanto ele ficará assim mesmo, direto no piso.

Pronto! Além de organizar seus apetrechos, ele ainda decora.
Gostaram?

Comentários

Postagens mais visitadas