Casa Bandeirista e Novos Para Nós

Seguindo nossa sequência de dicas culturais, hoje vamos falar da exposição Feito de Jeitos, com curadoria do Renan Quevedo (Novos Para Nós), num lugar muito especial: A Casa Bandeirista.

   
Essas peças fazem parte do acervo particular do Renan, que fez uma bela
curadoria e selecionou alguns para essa bela exposição.

Num país com dimensões continentais como o nosso, como conhecer artistas que ficam reservados em suas regiões? Há alguns anos eu venho seguindo o perfil do Novos Para Nós, que como o nome mesmo diz, ele busca viajando pelo Brasil, artistas que são pouco conhecidos nos grandes centros.

   
Esculturas em madeira, que trabalho mais incrível.

Esse quadro é muito maravilhoso, olha o detalhe embaixo, todo preenchido com 
bordados feitos a mão. Que combinação de cores!


  
Mais esculturas em madeira, já tinha visto no perfil do Renan,
 mas pessoalmente é muito mais incrível.

Nestas viagens ele foi adquirindo muitas peças - acho que mais de 50 - e com o apoio da Nespresso, selecionou 25 do seu acervo pessoal para compartilhar conosco nessa exposição incrível. O melhor é que no dia em que visitei, o Renan estava lá, fazendo uma visita guiada e pude conversar bastante com ele sobre as obras, e contar sobre a minha família nordestina, já que grande parte dos artistas são dessa região.

O cavalo maior foi encomendado especialmente para a exposição. Ele apenas solicitou a artista que fosse uma obra grande. E ai está, uma maravilha feita com muitos materiais reciclados.

Quadro com vários objetos descartados. Foi feito pelo Gaudi de Paraisópolis, um jardineiro por profissão, que virou artista por acaso. A casa dele é muito peculiar, com várias peças inseridas na estrutura e decoração. Eu nunca visitei, mas está nos planos.

Detalhe do quadro. Dá para ficar horas observando...

  

Mais esculturas em madeira. Essas duas primeiras o artista seguiu o formado dos 
troncos/galhos e foi dando a forma de pássaros. A segunda foto é muito impressionante, 
por todos os lados a peça é maravilhosa.

Para complementar, a Casa Bandeirista do Itaim é um lugar lindo, que no passado foi um abrigo para os viajantes, passou por vários usos, até que enfim foi restaurada e transformado num espaço cultural. Oportunidade ótima de saber mais sobre a nossa história, conhecendo melhor o famoso bairro do Itaim Bibi, e ainda constatar como um bom projeto de arquitetura consegue preservar o antigo e criar o novo, sem que haja conflito. Realmente é um espaço maravilhoso!   

    

    
A arquiteta não consegue não observar os detalhes construtivos. 
Portas e janelas, vigas em madeira maciça, as paredes são de taipa e logo 
na entrada ainda é possível observar. 
 






A casa fica no centro do terreno, com a construção de prédios novos foi possível essa preservação. Essa maneira de ocupar o espaço, valorizando o antigo - o vão livre faz uma moldura e dá destaque a casa - faz toda a diferença. Outro imóvel que segue o mesmo estilo é a Casa das Rosas.












   









Comentários

Postagens mais visitadas