Livro x E-book

Olá,

A leitura faz parte da minha rotina. Não digo que leio todos os dias, mas procuro manter uma certa frequência para não passar muito tempo sem pegar num livro. Já fiz muitos posts com a minha expectativa de ler um por mês, mas desde que comecei a contar, nunca consegui. Chego ao máximo em oito ou nove livros por ano, não mais que isso.

Ano passado não foi diferente. Inclusive terminei o ano sem concluir o livro que estava lendo (O Século do Conforto), comprei outro que estava super ansiosa para ler ( A Roda da Cura Pela Aiuerveda). A ideia era ler estes dois livros em janeiro, mês mais tranquilo. Só que ganhei um Kindle de Natal.

Sempre gostei de livros, de sentir o cheiro do papel e fui resistente ao e-book. Mas não tenho mais espaço para guardar tantos. Há uns dois anos fiz uma limpeza geral (inspirada na Marie Kondo) e doei vários, vendi para o sebo...desapeguei mesmo. E mesmo assim a quantidade só aumenta. Tem aqueles livros que penso em consultar depois, ou ler inteiro de novo, então não tenho como me desfazer.


Fazia tempo que este livro estava na minha lista e foi o primeiro lido digitalmente.

Com o kindle fica mais fácil manter vários livros e consultá-los depois. Sinceramente eu adorei. Sem contar que é super fácil para comprar e os preços são mais acessíveis também. Para estrear o brinquedo novo comprei dois e-books para começar. "O Ano Em Que Disse Sim" e "Persuasão". O primeiro li super rápido, em pouco mais de 15 dias. Estava de férias, teve muita chuva e assim rendeu bastante a leitura.

Decidi terminar os outros começados primeiro e antes de voltar para o digital. E assim foi. Terminei "A Roda da Cura Pela Aiuerveda" que por sinal achei ótimo. Vou reler muito já que estou em busca de autoconhecimento, super indico. E o Século do Conforto também acabei. Outro livro bem bacana, depois falo mais sobre. O livro da Lu Gastal, Relicário de Afetos também chegou aqui em janeiro e já terminei - farei um post somente sobre ele.


Já li este também. Este começo de ano rendeu. Apesar de ter muito trabalho, estou conseguindo manter firme o hábito da leitura. Sem contar que Jane Austen é maravilhosa, e não consigo parar a leitura enquanto não terminar. Indico super!

Voltando ao kindle, o melhor é você poder baixar amostras dos livros que pretende ler, criar sua lista de desejos, e receber as indicações deles. A tela não cansa a vista, você pode fazer marcações/anotações, pesquisar alguma palavra que não conhece, e tudo fica arquivado para consultas futuras. Além de ser leve e a bateria durar a vida!

Realmente só vi vantagens e até me arrependo de não ter entrado neste mundo antes. Os livros de culinária, artesanato, moda ainda serão impressos, pois as fotos fazem toda a diferença e o kindle é preto/branco.

Veremos se assim vou aumentar minha leitura este ano.



Janeiro - O Segredo da Dinamarca
            Orgulho e Preconceito
Fevereiro - A Biografia Íntima de Leopoldina
Março - Madame Bovary
Abril 
Maio - A Insustentável Leveza do Ser
Junho - Roube Como Um Artista
Junho / Julho / Agosto - Mulheres Que Correm com os Lobos
Setembro / Outubro / Novembro / Dezembro / Janeiro - O Século do Conforto
Dezembro / Janeiro - A Roda da Cura pela Aiuerveda

Comentários

Postagens mais visitadas