Pular para o conteúdo principal

Inauguração da Zôdio

Olá,

Dezembro começou e com ele a inauguração mais esperada de todos os tempos: A filial brasileira da Zôdio! Sim, essa loja já estava sendo aguardada há muito tempo. E não tem como não se encantar com ela.

Muitos unicórnios, cactus e bichinhos para decoupagem. Tem papel próprio e as peças são de papelão já semi prontas para você decorar como quiser.

Combinei com as amigas e fomos encarar a muvuca de abertura da loja. Estava cheia sim, mas conseguimos ver bastante coisa. A parte de cozinha não entramos, com essa onda de chefs em alta, estava bem lotada. Mas os outros departamentos deu para conhecer bem.

Muito legal essa ideia de colocar o objeto pronto com dicas de como usar e muitas vezes tempo de execução. Tear, almofadas, embalagens, festa...uma variedade de itens para enlouquecer qualquer artesã.

Logo na entrada eles criaram alguns ambientes com móveis e objetos de decoração vendidos na loja. Assim você já faz um passeio e vai tendo ideias de como utilizar as peças. Aliás ideias é o que temos o tempo todo. Na parte de artesanato por exemplo, tinha uma moça fazendo a decoupagem num unicórnio. É muito legal poder ver e tirar dúvidas com um profissional ali mesmo na hora de comprar, isso me lembra muito as feiras tipo Mega Artesanal.

Kits de costura, tintas em spray e bisnagas, canetas posca, fitas de cetim e adesivas, tesouras...

A parte de fios achei meio fraca. Tinha muito fio nacional e pouca coisa importada, aliás a lã merino Da Fazenda estava com bom preço. É feita no Rio Grande do Sul e o tingimento é natural. Mas eu queria ver mais fios, agulhas e acessórios gringos. As meadas para o pessoal do bordado pareciam estar com muita variedade. Vi tecidos, agulhas, bastidores... Na costura tinham tesouras, réguas, enchimento de bonecas, até uma máquina de costura.

A parte de papelaria está demais. Amei as caixas organizadoras. Gostei muito deste kit para encaixar as miçangas e forma desenhos. Até no caixa tem inspiração.

Mdf também está em alta. Eu que vendo na minha loja logo fui conferir as novidades. Quem curte essa pegada do faça você mesmo vai adorar. Tintas, canetas, fitas, papéis, agendas, adesivos, feltros...muita coisa mesmo.

Mdf de todo jeito. Dicas de como fazer a estamparia manual com direito a pegar um folhetinho explicativo. e o Fabrik, espaço de oficinas que parece bem interessante.

A melhor parte é que você encontra de tudo no mesmo lugar. Pode ser que a variedade não seja grande, mas para quem vai fazer uma festa por exemplo, tem as embalagens, enfeites, sacolas, até utensílios de cozinha.

Fios. Vi barroco, bella, ballon, fio de malha, todos nacionais e alguns importados também. Tinha até um novelo de papel. Pra mim faltaram agulhas gringas, espero que eles melhorem nesta parte.

A loja é grande, tem parte cama, mesa, banho, maquiagem, bem estar, muita coisa mesmo. Preciso voltar com mais tempo e dinheiro também. Os preços variam. Tem peças incríveis que não encontramos aqui, e por isso vale a pena investir. Mas tem peças que encontramos até na 25 de março com valores mais acessíveis. O fato de ter tudo no mesmo lugar facilita e por isso muitas vezes o preço mais elevado é justificável.


Luminárias muito legais, eu até fiz um tutorial dessa de barbante (veja aqui) e as de mdf que estão super em alta.

Ah, além dos departamentos, tem o espaço de cursos. Para agendar basta entrar no site e se informar melhor. Os preços variam, mas estão em torno de R$100,00.

Baixando o aplicativo você participa de uma rede social da Zôdio. E nas suas compras acumula pontos que são revertidos em benefícios. Bom, se você gosta de organização, cozinha, artesanato é o seu lugar. Vale mesmo conhecer. A loja fica no andar superior da Leroy Merlin da Marginal Tietê, e eles prometem nova unidade ano que vem. E novidades também. Vamos aguardar!




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Presépio de Crochê

Faz alguns anos que desejo fazer um presépio de crochê para mim, e sempre penso que vou começar em janeiro, para que no final do ano ele esteja pronto. Acontece que janeiro é sempre mais agitado, depois vem carnaval e quando você percebe já acabou o ano. Meu presépio montado, estou bem feliz com o resultado. Não imaginei como esse projeto traria tanta alegria para minha casa. E neste 2019 não foi diferente, ou melhor, foi. Janeiro passou, chegou o meio do ano e nada de presépio. Mas um dia, no final de setembro decidi começar a crochetar o meu. Bastou dar os primeiros pontos para que eu tivesse disposição e assim foi. Antes mesmo de novembro terminar eu já estava com oito personagens prontos, que ao meu ver são os essenciais.             Alguns registros que fiz na execução dos três reis magos. Ontem, primeiro de dezembro montei meu presépio de crochê, usei uma base de mdf pintada (feita por mim que vai entrar na loja) para o fundo, e ficou lindo! Não imaginei como e

Presente de Aniversário - Aula Com a Lugastal

Segunda foi meu aniversário, e não consegui preparar nenhum post com antecedência - aliás isso está virando uma constante na minha vida de aspirante a blogueira. E não é porque não estou produzindo nada para compartilhar, muito pelo contrário estou numa fase super produtiva, mas não estou conseguindo me organizar para preparar os posts, aliás é preciso fotografar, passar as fotos para o computador, tratar as fotos, digitar o texto, é um trabalhinho considerável, que eu adoro, só não estou dando tanta prioridade neste momento. Um mar de Lindas! E só a minha de calça e blusa!  Algumas fotos são minhas, outras da Lu e das meninas Mas vamos o melhor dessa semana, rever minha querida amiga Lu Gastal. Quem está aqui há mais tempo sabe como eu e a Lu somos parceiras. Nos conhecemos num Patch Encontro promovido por ela em 2014 e desde então foram tantos eventos, feiras, aulas, passeios juntas. Quanta coisa boa tem acontecido comigo nos últimos tempos.              Quanto carinh

A Chita É Chique?

Para inaugurar essa nova etapa do blog, nada melhor que começar com um post bem colorido e cheio de histórias. Quem não conhece a chita, não é mesmo? Esse tecido mega colorido que era considerado de baixa qualidade, e agora começa a ganhar novos ares e novos lares também. Digo era, porque numa pesquisa rápida, descobri que tem estilista produzindo peças incríveis com ela, vem comigo. Quem me conhece um pouco mais sabe que adoro livros, e sempre dou uma olhadinha nas livrarias para conhecer as novidades. Numa destas, encontrei esse daqui: Uma Festa de Cores Memórias de um Tecido Brasileiro, que logo me chamou a atenção pelas cores. Ele conta a trajetória da chita no Brasil e como aqui se fez presente em muitos lares brasileiros. Os desenhos (ou melhor, colagens) são de Anna Gobel, com textos de Ronaldo Fraga. Não tive dúvida, comprei na hora! "Estampas falam, cores suspiram...mas só a chita canta e dança." Algumas páginas do livro, as imagens foram feitas com pedaç