Você Usa as Peças que Produz?

Olá,

Estava pensando estes dias pós Mega sobre a nossa relação com as roupas/acessórios feitos a mão. Quando a gente vai a algum evento relacionado ao artesanal, como uma feira por exemplo, imediatamente pensamos em nos vestir com peças de crochê/tricô, colocar detalhe no cabelo, colar, brinco, cinto...qualquer coisa que foi feita artesanalmente por nós mesmos.



Chegando a feira eu estava com um gorro feito de tricô, o colar de fio de malha, e a blusa com estampa de crochê/tricô, tudo feito por mim. E ainda usei o colete de crochê feito pela minha mãe.



Vocês concordam comigo? Acho que sim, pois vi muitas pessoas/caravanas exibindo - no bom sentindo - suas peças artesanais. Eu mesma corri para fazer um colar de fio de malha e poder desfilar feliz e dizer que eu havia feito.

Mas no dia a dia, será que usamos as nossas criações? Eu tenho usado muito as roupas que costuro, inclusive tem algumas que saem do corpo vão para a máquina e já voltam para serem usadas novamente. As peças de tricô também estão ocupando um bom espaço no meu armário. E sinceramente, adoro usar tudo que tenho feito.

E os acessórios? As bolsas de fio de malha são muito informais? Você iria a uma reunião com uma delas? No início do ano fui visitar uma obra com minha bolsa de fio de malha e a outra arquiteta elogiou muito. O diferente chama a atenção!

          
Foi um tal de troca de blusa, tira casaco, põe colete...o calor era demais. Na primeira foto estou com o colar de fio de malha feito por mim e nós duas, eu e a Mayra estamos com o colar de agulha feito artesanalmente pela mãe dela. Ao lado, junto com a Roberta exibindo feliz o colete que minha mãe me fez há mais de 7 anos. 

Nos últimos seis anos não comprei mais bolsas! As roupas também reduzi demais a aquisição em shoppings. Tem peças que ainda não faço, como lingerie, biquinis, sapatos, casacos e as camisetas de malha - que tanto amo. Mas todo o resto tenho evitado comprar, já que ainda tenho peças antigas no armário e estão em ótimo estado.

Brincos, colares, cintos, anéis, pulseiras...eu usava cada dia um diferente. Era algo que chamava a atenção das pessoas no meu trabalho. Reduzi a compra, e quando faço procuro os artesanais, feitos pelas próprias pessoas, o que dá uma energia diferente para eles.

Na Zôdio com a Fla, eu usava a blusa topdown de tricô, a gola de crochê e um colar de bastidor bordado, tudo feito por mim. E ainda faltou foto da bolsa de fio de malha.

Passei a fazer também. Tenho colares de crochê muito bonitos e sofisticados, acho que combina muito com um look mais formal, pois dá um ar de modernidade. Eu gosto.

             
Detalhe do colar de crochê e a self rapidinha no elevador. Gostei muito da combinação, 
e já deu para perceber como eu adoro marrom e os tons terrosos! 
Ah, não sou de combinar bolsa com look.

Acho que essa reflexão pode ser feita para muitas outras coisas que consumimos no dia a dia, como as peças de decoração, de cama, mesa...Mas isso fica para um outro post.

Comentários

Postagens mais visitadas