Pular para o conteúdo principal

Uma Semana Bem Craft

primeiros passos no bordado gingham, kit fofo para fazer a aula e mug rug para inspirar!

Otto Bistrot, espaço criativo, agradável e com quitutes deliciosos feitos pela chef Bia Goll.


Fechei a semana com uma aula de bordado sensacional com a querida Ju Padilha. Pela 3ª e -infelizmente - última vez, compareci a um encontrinho craft no Otto Bistrot. Digo última porque o Otto vai fechar, mas com certeza as aulas permanecerão em outro local.

O workshop da vez era de bordado gingham. Ele é feito a mão e num tecido quadriculado. Existem outros nomes, como bordado espanhol e chicken scratch. O importante é a facilidade na execução com resultado surpreendente, eu adorei!

Voltando um pouco na quarta feira fui visitar a Burda Expo, a primeira feira de corte e costura do país. E mais uma vez não me arrependi. Encontrei pessoas queridas, muitas delas só "vemos" pelas redes sociais, conheci outras, vi as novidades do setor, e é claro fiz minhas comprinhas.

tecidos de algodão bem fininhos para costurar roupas.

tricoline e tesoura lindona dourada no espaço Lu Gastal para minhas costuras.
Desta vez esta atrás de um tecido para fazer meu kimono. Assisti as aulas de kimono jaquets com a Lívia Costa na Eduk, e estava super ansiosa para fazer o meu. Antes de mais nada, tirei as minhas medidas e fiz a modelagem conforme as explicações. Com o tecido em mãos, cortei as peças e assim que fiz isso, percebi que algo estava errado. Alfinetei tudo e experimentei, e não me serviu! Estava super pequeno. Mas o que eu fiz de errado? Eu também erro, quero deixar bem claro aqui, e erro muito. Voltando, fui consultar o tecido, e só havia sobrado um pouco, não dava pra cortar outro kimono. Mais uma vez eu não usei um tecido baratinho pra testar e logo cortei no tecido do coração, aquele que comprei na Feira. Não façam isso! Sempre testem em um tecido mais simples. E agora? Sento e choro? Não, refiz a modelagem com as medidas que foram dadas de referência e equivalia ao tamanho M. Ao posicionar no tecido, como disse não daria para cortar tudo de novo, então decidi cortar somente as costas e "encaixei" com as partes da frente. Claro que não ficou certo, mas fiz o melhor que pude, e ajustei as curvas, cortei aqui, aparei ali e no final deu certo, ou foi o melhor que pude fazer naquele momento. Não façam isso em casa!


Agora com a cabeça mais tranquila, percebi que fiz uma conta errada que resultou num molde menor. Não foi culpa da professora, pois ela passou a fórmula certinha. Eu que tive uma semana muito atribulada, além da feira, tinha que finalizar um projeto de marcenaria, e outras pendências cotidianas.

Precisamos reconhecer a hora de parar e descansar. Nada de afobamento, como diria minha mãe baiana. Tem dias em que as coisas não dão certo. O ideal é deixar passar, e tentar em outra oportunidade.



  

Fiquei feliz com o resultado, apesar de todas as gambiarras, acho que ficou legal. Pra finalizar falta comprar uma franja que vai ajudar a "aumentar" a parte da frente, disfarçando a modelagem.

Quem nunca passou por isso?













Comentários

  1. Oi Andrea, boa tarde!
    Desculpa a ressuscitação do post de 01 ano atrás... ehehhe Queria mto tirar uma dúvida sobre o seu kimono! Qual tecido vc usou? Pensei em usar tricoline pois não sei ainda se dou conta de usar um tecido mais fino, ainda sou iniciante, mas não tenho certeza se dará um bom caimento... Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Naiani, tudo bom? Seja bem vinda!
      Não tem problema nenhum, o post é antigo mas os assuntos continuam atuais, não é mesmo?
      Usei um tecido de algodão bem fino, é mais fácil de costurar com certeza. Escolhe um que tenha caimento e não fique "duro", sabe? Quando você tiver mais experiência, acho legal usar uma viscose, porque fica mais fluido, mais leve...
      Me mostra o resultado, quero saber como ficou.
      Beijos e obrigada por sua visita!

      Excluir
  2. Pensei que vc daria o molde ou um esquema de modelagem sei la rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Andrey! Obrigada por sua visita. O post é apenas sobre as minhas experiências, cursos que faço, dou dicas de lugares interessantes. O molde deste curso não posso compartilhar por não ser meu, infelizmente. Mas a Eduk tem aulas grátis, basta acessar o site deles e se informar. Me desculpe se em algum momento passei a falsa ideia de passar o molde, não foi minha intenção. Seja bem vinda! Beijo

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Presépio de Crochê

Faz alguns anos que desejo fazer um presépio de crochê para mim, e sempre penso que vou começar em janeiro, para que no final do ano ele esteja pronto. Acontece que janeiro é sempre mais agitado, depois vem carnaval e quando você percebe já acabou o ano. Meu presépio montado, estou bem feliz com o resultado. Não imaginei como esse projeto traria tanta alegria para minha casa. E neste 2019 não foi diferente, ou melhor, foi. Janeiro passou, chegou o meio do ano e nada de presépio. Mas um dia, no final de setembro decidi começar a crochetar o meu. Bastou dar os primeiros pontos para que eu tivesse disposição e assim foi. Antes mesmo de novembro terminar eu já estava com oito personagens prontos, que ao meu ver são os essenciais.             Alguns registros que fiz na execução dos três reis magos. Ontem, primeiro de dezembro montei meu presépio de crochê, usei uma base de mdf pintada (feita por mim que vai entrar na loja) para o fundo, e ficou lindo! Não imaginei como e

Presente de Aniversário - Aula Com a Lugastal

Segunda foi meu aniversário, e não consegui preparar nenhum post com antecedência - aliás isso está virando uma constante na minha vida de aspirante a blogueira. E não é porque não estou produzindo nada para compartilhar, muito pelo contrário estou numa fase super produtiva, mas não estou conseguindo me organizar para preparar os posts, aliás é preciso fotografar, passar as fotos para o computador, tratar as fotos, digitar o texto, é um trabalhinho considerável, que eu adoro, só não estou dando tanta prioridade neste momento. Um mar de Lindas! E só a minha de calça e blusa!  Algumas fotos são minhas, outras da Lu e das meninas Mas vamos o melhor dessa semana, rever minha querida amiga Lu Gastal. Quem está aqui há mais tempo sabe como eu e a Lu somos parceiras. Nos conhecemos num Patch Encontro promovido por ela em 2014 e desde então foram tantos eventos, feiras, aulas, passeios juntas. Quanta coisa boa tem acontecido comigo nos últimos tempos.              Quanto carinh

A Chita É Chique?

Para inaugurar essa nova etapa do blog, nada melhor que começar com um post bem colorido e cheio de histórias. Quem não conhece a chita, não é mesmo? Esse tecido mega colorido que era considerado de baixa qualidade, e agora começa a ganhar novos ares e novos lares também. Digo era, porque numa pesquisa rápida, descobri que tem estilista produzindo peças incríveis com ela, vem comigo. Quem me conhece um pouco mais sabe que adoro livros, e sempre dou uma olhadinha nas livrarias para conhecer as novidades. Numa destas, encontrei esse daqui: Uma Festa de Cores Memórias de um Tecido Brasileiro, que logo me chamou a atenção pelas cores. Ele conta a trajetória da chita no Brasil e como aqui se fez presente em muitos lares brasileiros. Os desenhos (ou melhor, colagens) são de Anna Gobel, com textos de Ronaldo Fraga. Não tive dúvida, comprei na hora! "Estampas falam, cores suspiram...mas só a chita canta e dança." Algumas páginas do livro, as imagens foram feitas com pedaç